Rádio Primeira Edição - Ouça agora!

notícias > Maceió setas

Camelôs denunciam na OAB violência do BOPE durante protesto

Ambulantes mostraram ferimentos de balas de borracha durante confronto

06/08/2012 15:55

A- A+

Marcos Filipe Sousa

compartilhar:

Cortesia/Jonathas Maresia

Camelôs mostraram a imprensa os ferimentos provocados pelas balas

Cerca de 300 camelôs foram até a sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Alagoas durante a tarde de hoje (06) para mostra a Comissão de Direitos Humanos sete pessoas feridas durante o protesto realizado durante a manhã, onde o grupo protestou a proibição de vendas nas ruas do Comércio.

Segundo o presidente da comissão, Gilberto Irineu, doze pessoas subiram a sua sala para relatar como ocorreu o confronto. Entre elas, estavam os sete feridos com marcas nas regiões das costas e abdômen. "Segundo os denunciantes, eles estavam na Rua da Alegria quando o grupo do Bope desceu do veículo atirando com as pistolas", disse.

Irineu disse que viu os ferimentos. "Somente um deles, estava com seis marcas de disparos nas costas", relatou. Irineu recomendou que as vítimas fossem realizar exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML). "Nós já informamos a Corregedoria para que seja aberta a sindicância e pedimos a promotora Karla Padilha que ele acompanhe a investigação", explicou.

Gilberto Irineu ainda conseguiu uma reunião para esta terça-feira (07) às 11h30 entre os manifestantes e a Prefeitura de Maceió, através do chefe de gabinete, Pedro Alves, para resolver o impasse.

* campos obrigatórios

  • Enviar »

@primeiraedicao seta

anterior proximo
  • Evandro Epifanio

    Rede de dados de Alagoas terá custos reduzidos em até 13 vezes http://t.co/GaxCEpsS70 via @primeiraedicao

  • Doe um Livro

    Estudantes da 1ª CRE refletem sobre literatura, paz e inclusão social http://t.co/V5xexTRMev via @primeiraedicao #doeumlivro

  • Geraldo Câmara

    Finalmente um homem enfrenta a dívida de Alagoas http://t.co/04EcHSallF via @primeiraedicao

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Primeira Edição © 2011

Plus! Agência Digital