Irmãos acusados de complô para pegar herança de Michael Jackson

Randy e Jermaine Jackson acusaram os administradores dos bens de Michael de fraudar seu testamento

20/07/2012 12:55

A- A+

O Fuxico

compartilhar:

Como já havíamos informado, os irmãos de Michael Jackson escreveram uma carta aos administradores do patrimônio, acusando-os de fraudar o testamento do cantor. Mas John Branca e John McClain resolveram responder publicamente às acusações e emitiram comunicado ao TMZ alegando que Randy e Jermaine Jackson estão tramando para colocar as mãos nos bens do falecido irmão e tentando fazer parecer que a mãe deles, Katherine Jackson, precisa de alguém para controlar suas finanças.

Jermaine e Randy teriam convencido os irmãos Tito, Rebbie e Janet a participar do suposto complô, segundo algumas publicações americanas.

Na carta, os irmão acusam também os administradores de terem causado um mini AVC em sua mãe por causa das mentiras e das manipulações.

Em resposta, McClain e Branca acusam Randy e Jermaine de estarem tramando contra eles para ter acesso à pensão de Katherine, que gira em torno de US$ 70 mil (R$ 141.64) por mês.

Michael excluiu os cinco irmãos de seu testamento, deixando sua fortuna para a mãe e os três filhos, Prince, Paris e Blanket. Quando Katherine morrer (ela esta com 82 anos), o dinheiro irá diretamente para as crianças.

Primeira Edição © 2011