Rio Largo| MP investiga novas fraudes de Toninho Lins

Dez processos de licitação na comprar de material de construção são investigados

20/06/2012 16:40

A- A+

Redação

compartilhar:

Dez processos de licitação da Prefeitura de Rio Largo estão sendo investigados pelo Ministério Público Estadual (MPE/AL). De acordo com informações, o Grupo Estadual de Combate ao Crime Organizado (Gecoc) abriu novas investigações sobre a gestão do prefeito afastado do município, Toninho Lins. A fraude estaria avaliada em quase R$ 1 milhão em desvio de verbas públicas.

O MP teria solicitado ainda um novo pedido de prisão contra o gestor, além de três membros da comissão de licitação de Rio Largo e assessores da prefeitura. Dessa vez a solicitação teria sido feita por conta da constatação de uma fraude na compra de materiais de construção.

Os processos investigados envolvem 15 empresas e, cada um deles teria o valor de aproximadamente R$ 80 mil.

Toninho Lins, os membros da comissão e os assessores foram denunciados pelos crimes fraude em licitação e formação de quadrilha.
 

Primeira Edição © 2011