Rádio Primeira Edição - Ouça agora!

notícias > Esporte setas

Adriano vê apoio do Flamengo e pretende diminuir polêmicas

Nas redes sociais e no Twitter do atacante, torcedores se dividem entre incentivo e descrença

20/06/2012 08:40

A- A+

Globo Esporte

compartilhar:

Ivo Gonzalez / Agência O Globo

Adriano inicia nesta quarta-feira a segunda etapa da recuperação da cirurgia no tendão de Aquiles do pé esquerdo, realizada em 13 de abril. A partir de agora, além de um fisioterapeuta do Flamengo, terá fisiologista, nutricionista e preparador físico à disposição. O tratamento, que ocorre no Ninho do Urubu desde 4 de junho, vai continuar sendo realizado no CT. Tudo sem qualquer vínculo com o Rubro-Negro, como frisou em entrevista coletiva o chefe do departamento médico, José Luiz Runco. Runco, aliás, recomendou que o Imperador esteja mais presente para que o processo não atrase. Mas o atacante poderá ficar à vontade. Sem regras, sem cobranças.

Mesmo sem ser jogador do Flamengo, Adriano já causa dor de cabeça ao clube. Ou pelo menos desconforto. Tanto que ele e seu empresário, Lucca, foram convocados para uma reunião nesta terça-feira com Runco e o diretor de futebol Zinho. O vice de futebol Paulo César Coutinho também participou. A conversa, realizada no Ninho, durou 1h20m. Adriano não teria comparecido a algumas sessões de fisioterapia marcadas na semana passada. Runco confirma apenas uma falta, na última sexta-feira.

Na madrugada de sexta, dia da falta, Adriano foi fotografado saindo de uma boate na Barra da Tijuca às 4h20m. É de conhecimento do Flamengo a rotina de excessos do jogador em meio à recuperação. Mesmo que de forma involuntária, as notícias das aventuras do Imperador acabam respingando no clube que, por enquanto, diz que o problema é só do atacante.

O mau comportamento também repercute entre os torcedores. Nas redes sociais, Adriano ainda recebe apoio de muita gente, mas boa parte mostra descrença na recuperação. E não é de hoje. Um exemplo mostra que os incentivos têm perdido força. Quando o jogador ainda estava no Corinthians, no início do ano, torcedores lançaram o site e a conta no Twitter da campanha “Volta, Imperador!”. O objetivo era alcançar pelo menos 100 mil assinaturas e levar ao conhecimento da presidente Patricia Amorim para que ele fosse contratado. Em fevereiro, eram 80 mil cadastros. Quatro meses depois, com o atacante já fora do clube paulista após demissão por justa causa, submetido a uma nova cirurgia e em processo de recuperação, a marca quase não avançou. Até a noite desta terça-feira, eram 84.902 adesões. A conta no Twitter não é atualizada desde 15 de março.

Adriano também tenta uma reaproximação com os rubro-negros. Com o nome de @A10imperador, 'estreou' no dia 7 de maio. Foi sua primeira incursão em uma rede social. Como já existiam diversos perfis falsos com pessoas que se passavam por ele, o jogador fez campanha através das digitações dos primos para conseguir seguidores e colocou uma foto da sua volta ao clube em 2009. Atualmente, Adriano tem pouco mais de 26.780 seguidores, número considerado muito baixo mesmo com pouco mais de um mês que o jogador virou “tuiteiro”.
A porta do Flamengo para Adriano continua aberta. Cabe a ele decidir se vai entrar ou ficar do lado de fora.

* campos obrigatórios

  • Enviar »

@primeiraedicao seta

anterior proximo
  • João Julio da Silva

    Google anuncia projeto de nanorrobôs que podem detectar câncer no sangue http://t.co/IMev8bhqDv via @primeiraedicao

  • João Julio da Silva

    WhatsApp soma prejuízo de US$ 232 milhões para o Facebook http://t.co/N5X4fpSvw3 via @primeiraedicao

  • João Julio da Silva

    Hospital Vida amplia parcerias para suprir aumento de demanda http://t.co/KlZWk0pv2t via @primeiraedicao

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Primeira Edição © 2011

Plus! Agência Digital