Marcelo Palmeira deixa a Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social

Convocado pelo PP para disputar a Prefeitura de Maceió, ele obedece aos prazos de desincompatibilização para aqueles que ocupam funções públicas

06/06/2012 04:20

A- A+

Assessoria

compartilhar:

O secretário Marcelo Palmeira comunicou, nesta quarta-feira (5), que está deixando a Pasta da Assistência e Desenvolvimento Social do Estado, conforme prevê a legislação eleitoral. Ele foi convocado pelo partido ao qual pertence, o PP, para disputar a chefia do Executivo municipal, e observa os prazos de desincompatibilização para aqueles que ocupam funções públicas e pretendem concorrer nas eleições de outubro. O ato de exoneração deve ser publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (6).

Durante homenagem feita pelos servidores da Seades, nesta quarta-feira (5), Palmeira explicou que estava deixando a Secretaria para tornar-se apto à disputa; para atender a um chamado do Partido. E lembrou sua trajetória à frente da Secretaria – que assumiu em janeiro de 2011, poucos meses antes das enchentes que atingiram mais de 20 municípios alagoanos.

“Não foi nada fácil. Mas, com a ajuda do Governo do Estado e do Governo Federal, conseguimos assistir às vítimas das enchentes de forma emergencial, em todas as suas necessidades básicas. Não medimos esforços para conseguir água, alimento, colchões, cobertores, produtos de higiene pessoal. Em uma segunda etapa, lutamos para devolver as moradias àqueles que perderam tudo com as chuvas, e não sossegamos até ver aquelas pessoas em suas residências, com água, alimento e, acima de tudo, com dignidade e esperança de vida”, explicou Palmeira, que liderou ainda diversos projetos nas áreas de assistência social e segurança alimentar – entre eles, a construção do Banco de Alimentos junto à Ceasa e a reabertura da fábrica do Soprobem, que distribui diariamente 4 mil litros de sopas a 65 associações de bairros da capital.

Com o afastamento da Pasta, Palmeira retorna à Câmara Municipal de Maceió, na qual exercia mandato como vereador antes de ser nomeado pelo governador Teotonio Vilela Filho para assumir a Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social.

Primeira Edição © 2011