Casal conclui inteligação de ramais prediais ao novo coletor de esgoto do emissário

Empresa retira focos de poluição e inicia trabalho de limpeza da área interna da unidade

04/05/2012 14:48

A- A+

Assessoria

compartilhar:

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) concluiu nesta sexta-feira, 4, o trabalho de interligação dos imóveis situados no entorno do emissário submarino de Maceió ao novo coletor de esgoto implantado recentemente na área interna dessa unidade. Logo após a implantação do coletor, a Casal eliminou os pontos de poluição que carreavam esgoto para a galeria de águas pluviais que passa pelo terreno do emissário. Falta, agora, a Prefeitura realizar a limpeza da galeria, bem como colocar as placas de concreto que estão faltando, a fim de que o canal não fique exposto a risco de acidente e se transforme em depósito de lixo.

Além do coletor, a empresa instalou poços de visita em cada ponto de poluição e retirou o excesso de lixo da área. Segundo o vice-presidente de Gestão de Engenharia da Casal, Osmar Lisboa, todo o terreno do emissário vai passar por uma limpeza geral, de modo a que possa ser utilizado em benefício da própria comunidade vizinha.

De acordo com a gerente da Unidade de Negócio Jaraguá, da Casal, Fátima Acioly, todos os imóveis que jogavam indevidamente esgotos na galeria de águas pluviais serão cadastrados pela companhia e passarão a integrar o sistema comercial. Após o cadastramento, será implantada a cobrança de esgoto. As famílias de baixa renda poderão aderir à Tarifa Social, cujo valor corresponde a 50% do que é cobrado na tarifa normal de água e esgoto.

Essa iniciativa da Casal, que atende ao Ministério Público e ao órgão de defesa do meio ambiente da Prefeitura Municipal de Maceió, faz parte do projeto de revitalização da área do emissário, que inclui pintura do muro externo - trabalho já iniciado -, e limpeza geral do terreno.

Primeira Edição © 2011