Rádio Primeira Edição - Ouça agora!

notícias > Brasil/Mundo setas

Bombeiros continuam buscas por monomotor desaparecido em Guarujá

27/04/2012 07:49

A- A+

A Tribuna

compartilhar:

P-28 Alfa, fabricado pela Neiva Embraer

A Polícia Militar e o Grupamento de Bombeiros Marítimos (GBMar) retomam nesta manhã as buscas ao monomotor desaparecido na tarde desta quinta-feira, na região da Enseada, em Guarujá. A aeronave saiu do Campo de Marte às 11h47, pousou no Aeroclube de Sorocaba para abastecer e tinha como destino o Aeroclube de Itanhaém. Um jovem de 19 anos e a instrutora de voo estavam no monomotor.

O diretor de instrução do Aeroclube de Sorocaba, Valdemar Tavares de Albuquerque, deu uma recomendação à instrutora:
“Falei para ela que se o tempo estivesse muito ruim lá na Serra do Mar era para ela voltar a Sorocaba. Ela me confirmou que voltaria para passar a noite aqui, ou então iria para Santos, que tem um trajeto mais simples e onde o tempo estava melhor”.

O GBMar recebeu a informação de que um acidente teria ocorrido por volta das 16h35 desta quinta-feira, a 700 metros da costa. Nenhum vestígio do equipamento foi encontrado. As buscas foram suspensas e serão retomadas na manhã desta sexta-feira entre Guarujá e Itanhaém. Além do helicóptero Águia, duas lanchas do GBMar vão auxiliar nas buscas. Cada município também vai ajudar com uma pequena embarcação.

De acordo com o Centro de Comunicação Social da Aeronáutica, a aeronave modelo P-28 Alfa, fabricada pela Neiva Embraer, que pertencia ao Aeroclube de Jundiaí, saiu do Campo de Marte, em São Paulo, às 11h47, com destino a Itanhaém.

O monomotor não conseguiu pousar no litoral de São Paulo, em função das péssimas condições do tempo, e retornou para São Paulo, procurando outros pontos para pousar, inclusive Sorocaba. Depois, retornou para o litoral, fazendo pedindo de pouso às 14h40. Foi o último contato do monomotor.

Já a Base Aérea de Santos informou nesta tarde que o monomotor chegou a pousar para abastecer em Sorocaba, por volta das 13h30, voltando a decolar cerca de 40 minutos depois, com destino a Itanhaém.

Ainda segundo o Centro de Comunicação Social, a aeronave tem autonomia de voo de 4 horas e meia de combustível e que, provavelmente, não decolou com tanque cheio. O modelo foi fabricado no final da década de 80 e começo da década de 90 e é considerado seguro.

O monomotor tem capacidade para três pessoas e era pilotado por um jovem de 19 anos, que fazia pela primeira vez um voo longo. A instrutora do piloto também estava na aeronave.

Os nomes de ambos não foram divulgados, mas a regional do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp) confirmou a decolagem e o prefixo do avião: PT-NUH, o que permitiu a visualização da aeronave em uma busca na internet.

O Daesp informou ainda que não se sabe quem estaria conduzindo a aeronave 

* campos obrigatórios

  • Enviar »
  • Rodrigo 27/04/2012

    A aeronave pertencia ao Aeroclube de Intanhaem http://www.facebook.com/profile.php?id=100002539943047

  • Marcus Gabera 27/04/2012

    Voces tem que pesquisar melhor as informacoes !!! o aviao ja nao era do aeroclube de jundiai ha bons 5 anos pelo menos !!!

@primeiraedicao seta

anterior proximo
  • Ana Paula Sena

    IPHAN prorroga inscrições para projetos de comunidades de terreiro http://t.co/XFS5hCgQ8G via @primeiraedicao

  • Marissol Pedrosa

    Projeto #Turismo de Experiência propõe novos produtos turísticos para quem visita Alagoas http://t.co/QcdtBln4kK via @primeiraedicao

  • João Julio da Silva

    O JORNAL Jota Julio já saiu! http://t.co/wG2hCZpGuT Graças a @PrimeiraEdicao @ExtraAlagoas

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Primeira Edição © 2011

Plus! Agência Digital