ONU pressiona Assad a implementar plano de paz na Síria

29/03/2012 05:19

A- A+

Reuters

compartilhar:

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pressionou nesta quarta-feira o presidente sírio, Bashar al-Assad, a implementar rapidamente o plano de paz de seis pontos que ele aceitou na véspera e que pede, entre outras ações, o recuo do Exército.

Falando no Kuweit, Ban disse: "Eu recomendo fortemente que o presidente Assad coloque esses compromissos em ação imediata. Não há tempo a perder."

Ele se referiu ao plano proposto pelo enviado especial da ONU e da Liga Árabe, Kofi Annan, e aceito por Assad, que prevê o recuo das tropas e armas pesadas das cidades antes de iniciar o diálogo com seus opositores.

"É um passo inicial importante que poderá trazer um fim à violência e ao derramamento de sangue, além de dar ajuda àquelas pessoas que estão sofrendo", disse Ban, acrescentando que um diálogo político atenderia "às aspirações legítimas do povo sírio".

Primeira Edição © 2011