Comissão inicia vistorias em prédios antigos de Maceió

Cerca de dez prédios serão vistoriados. O primeiro foi o Edifício dos Palmares, no centro

16/03/2012 09:50

A- A+

Mickaell Clygens - Estagiário*

compartilhar:

Em parceira com o Corpo de Bombeiros, Defesa Civil Municipal e Conselho Regional de Engenharia (Crea), a Secretaria Municipal de Convívio Urbano (SMCCU) realizou, na manhã desta sexta-feira, 16, uma fiscalização técnica no Núcleo de Saúde do Ministério da Saúde, localizado no Edifício dos Palmares, Centro de Maceió. 

Ao chegar ao edifício, os representantes dos órgãos foram impedidos de entrar no prédio e fazer a fiscalização. O superintendente da SMCCU, Galvaci de Assis, avisou aos funcionários que deixaria uma notificação para o administrador e encaminharia outra ao Ministério Público Federal de Alagoas (MPF/AL) para realizar os procedimentos cabíveis e remarcar uma nova data para a visita. Após o anúncio feito pelo superintendente, o diretor do edifício liberou o acesso dos órgãos.

Na última sexta-feira (09), o MPF requereu a suspensão das atividades do Edifício dos Palmares alegando a preservação da vida de pessoas que trabalham no local e de outros cidadãos que frequentam o prédio ou transitam nas proximidades. Um relatório da Defesa Civil apontou a necessidade urgente de revisão no imóvel devido às más condições .

Perícia mais apurada

Conforme o superintendente do Crea, Jackson Cabral, após o procedimento de vistoria, é importante que os administradores do prédio repassem um documento relatando a necessidade de uma perícia mais apurada.

“Nós não podemos dizer que esse prédio está prestes a cair. Primeiro vamos juntar o laudo de todos os peritos que estão nos acompanhando e daqui a dez dias, talvez, nós estejamos emitindo um laudo definitivo, o qual será encaminhado para os responsáveis pelo prédio e uma cópia para o Ministério Público Federal”.

Mais fiscalizações

Cabral destacou que a comissão prosseguirá com as fiscalizações em prédios antigos até o dia 30 de março. As visitas têm como objetivo identificar irregularidades na estrutura, como rachaduras e defeitos na parte elétrica.

“Nós resolvemos escolher aleatoriamente alguns prédios antigos em Maceió, fazer uma vistoria prévia para depois esses órgãos emitirem um relatório dizendo da necessidade ou não de uma perícia mais apurada, já que não é função da SMCCU e do Crea fazerem perícia e sim de profissionais”, disse o superintendente.

Leia também: <<Comissão vai inspecionar prédios antigos em Maceió>>

 

*Sob supervisão. 
 

Primeira Edição © 2011