Rádio Primeira Edição - Ouça agora!

notícias > Brasil/Mundo setas

Você sabe de onde vem os nomes das ruas?

Homenagem a santos, datas comemorativas e personalidades são muito utilizados para nomear vias

10/03/2012 10:48

A- A+

eband

compartilhar:

José Patrício/AE

Avenida São João: ruas que levam nomes de santos estão entre as mais comuns no país

Avenida Brigadeiro Faria Lima, Avenida São João, Rua Augusta, Avenida Jorge João Saad, Avenida Nove de Julho... Esses são nomes de vias conhecidas pelas quais grande parte dos moradores de São Paulo circulam frequentemente. Mas, e os nomes delas, de onde vieram? Como é escolhido o nome de uma rua?

Segundo um levantamento da proScore, Bureau de Informação e Análise de Crédito, os nomes de ruas mais utilizados no Brasil são os alfanuméricos. O estudo aponta ainda que, a partir de sua base de dados com mais de 710 mil registros de ruas, o logradouro mais comum no país é “Rua Dois”, com mais de 1.534 ruas, seguido de perto pela “Rua Três”, com 1513 ruas. De acordo com a ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos), no Brasil existem aproximadamente 815mil ruas distribuídas por 5.564 municípios.

Homenagem a santos, datas comemorativas e personalidades também são bastante utilizados para nomear ruas. São José vem em 19º lugar com 638 logradouros; Santo Antônio em 25º lugar possui 554 ruas; Sete de Setembro ocupa a 37º posição com 428 ruas; e Tiradentes fica em 42º lugar com 384 ruas.

Nomeação

As regras para nomes de rua, em geral, são determinadas por cada município. Em São Paulo, segundo a Secretaria Municipal de Planejamento, a sugestão de denominação pode ser realizada pela própria população, pela Câmara, Secretaria de Governo e entidades públicas. “No entanto, é necessário levar o nome da rua e o possível local para que a Secretaria avalie a sugestão. No caso de ser nome de uma pessoa, que já deve ter falecido, deve-se levar o atestado de óbito e a biografia do homenageado”, informa o órgão.

De acordo a lei, os moradores podem solicitar alteração do nome das ruas em três situações: no caso de ruas com o mesmo nome; nomes com similaridade ortográfica, fonética ou fator de outra natureza que gere ambiguidade de identificação; e ainda quando os nomes podem expor os moradores ao ridículo.

Na capital paulista, um desses exemplos é a antiga Rua dos Anus, em Cangaíba, na zona leste. O nome refere-se a uma espécie de pássaro. Mas, segundo a Sehab (Secretaria Municipal de Habitação) por gerar ambiguidade com a palavra ânus, foi alterado para Rua Domerinda Maria da Conceição, em homenagem a ativista que desenvolveu um trabalho social e filantrópico no bairro em que atuava e no qual faleceu em 1989.

Homenagem ao pai

O administrador de empresas Rogério Pagliari é uma das pessoas que vive em uma rua que homenageia um parente. Pagliari vive na rua sem saída Praça Renzo Pagliari, que leva o nome de seu pai.

Segundo Rogério, na época em que seu pai era vivo, ele era amigo do prefeito Jânio Quadros, responsável pela autorização do nome. “Ele se mudou da Itália para o Brasil e era bastante conhecido nacionalmente e internacionalmente por colecionar moedas”. Meu pai tinha uma moeda britânica que o Museu Britânico, localizado em Londres, não tinha. “Ele fez a doação e ainda ganhou um diploma de reconhecimento e agradecimento”.

Orgulhoso, Rogério ainda diz que Jânio enviou uma carta para seu pai dizendo que se sentia lisonjeado por homenageá-lo.

* campos obrigatórios

  • Enviar »

@primeiraedicao seta

anterior proximo
  • João Julio da Silva

    Atriz que contracenou com Mel Gibson morre aos 21 anos http://t.co/8DUA1S4lxg via @primeiraedicao

  • João Julio da Silva

    Oficial: Real Madrid anuncia a contratação de James Rodríguez http://t.co/HeYU12i6XO via @primeiraedicao

  • João Julio da Silva

    Ariano Suassuna está em coma e respira com ajuda de aparelhos http://t.co/TyscjO2XAs via @primeiraedicao

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Primeira Edição © 2011

Plus! Agência Digital