Em discurso príncipe Harry faz piada com pai e irmão

10/03/2012 06:08

A- A+

Folha.com

compartilhar:

Em seu primeiro discurso oficial no Rio, o príncipe Harry agradeceu a recepção na "cidade maravilhosa", exaltou as relações entre o Reino Unido e o Brasil e lembrou dos eventos esportivos - as Olimpíadas de 2012, 2016 e a Copa de 2014 - que acontecerão em Londres e no Rio.

O filho de Charles e Diana também fez piada com seu irmão, William, e lembrou a primeira visita do pai ao Brasil, quando Charles sambou com a passista Pinah, da Beija-Flor.

"Há muito tempo quero conhecer o Rio, desde que meu pai me falou de uma certa dança que ele teve com uma garota maravilhosa chamada Pinah, que por alguma razão ele guardou na memória."

Harry também agradeceu a ausência do irmão, "que não ia querer dançar" e, brincou sobre a oficina de rugbi que dará no sábado, na praia do Flamengo.

"Por favor, depois de ensinarmos vocês a jogarem rúgbi, não façam o mesmo que fizeram conosco no futebol."

MORRO DA URCA

Depois de ser recebido pela escola de samba União da Ilha em sua chegada para uma festa do governo britânico, o príncipe Harry passeou pelo topo do morro da Urca admirando a vista noturna do Rio.

Harry desceu do bondinho, no alto do morro, acompanhado do prefeito do Rio, Eduardo Paes, e, à medida que caminhava, distraiu-se e esbarrou em um garçom, derrubando uma taça. Ao passar em frente aos repórteres, o príncipe sorriu depois de receber uma "proposta" de casamento de uma jornalista que usava uma réplica do célebre anel de noivado que seu irmão, William, deu para Kate Middleton.

Observando a vista iluminada da zona sul do Rio, Harry conversou com Paes sobre a cidade e os preparativos para as Olimpíadas. Também se interessou pelas favelas, cujas luzes eram visíveis espalhando-se pelos morros.

O príncipe circulou rapidamente pelo meio dos convidados - empresários, diplomatas, artistas -, sempre acompanhado de seguranças, entrou em estandes de empresas britânicas (a festa marca o lançamento de uma campanha publicitária do governo inglês) e posou para fotos.

FÃS

Ele chegou às 21h12, desembarcou do carro cercado por seguranças e cumprimentou o prefeito Eduardo Paes e sua família. Ao ouvir os gritos das meninas, deu um discreto aceno.

Logo em seguida, foi autorizado por um segurança a se aproximar das fãs. Ciceroneado por Paes, ele chegou à grade de segurança e tirou foto com a advogada Viviane Costa Barros, 41, e a estudane Livia Vianna, 16.

"Eu devia ter dado um beijo nele logo! Foi legal ele ter vindo aqui, mas ele ficou pouco tempo com a gente", disse Vianna. "Ela sempre falou que queria casar com um príncipe", emendou a mãe, Márcia Vianna.

A presença do príncipe atraiu principalmente moradores da Urca e turistas que saíram do Pão de Açúcar e decidiram esperar Harry. Entre eles está o casal de ingleses Tom Roberts, 25, e Katharine Vesey, 24.

"Nunca vimos ele ao vivo. Foi ótimo vê-lo aqui no Rio. Ele é um bom embaixador para o nosso país", disse Tom, vestindo uma camisa do Brasil.

VISITA

Harry, 27, desembarcou na manhã desta sexta, às 7h10, iniciando sua primeira visita ao Brasil. Terceiro na linha de sucessão do trono britânico, o filho de Charles e Diana descansou durante a manhã num hotel em Copacabana, almoçou em uma churrascaria em Botafogo e, à tarde, fez um passeio panorâmico de helicóptero.

À noite, ele seguiria para o morro da Urca, onde participaria do lançamento de uma campanha de marketing do governo britânico.

Neste sábado, o príncipe participa de atividades esportivas pela manhã, no Aterro do Flamengo, e depois visita o Complexo do Alemão.

À noite, segue para São Paulo, onde joga, no domingo, uma partida de polo em um haras próximo a Campinas, com renda revertida para sua ONG Sentebale.

Primeira Edição © 2011