Maceió é destaque no turismo para pessoas com necessidades especiais

02/03/2012 16:04

A- A+

Secom

compartilhar:

Mesmo sem um reconhecimento oficial no calendário brasileiro de festas, o “Dia Nacional do Turismo” – celebrado em 2 de março – é comemorado pelo Ministério do Turismo. A data caiu no gosto popular e é lembrada anualmente em escolas, cidades e pelos brasileiros que reconhecem a importância econômica e cultural da atividade turística.

Para a secretária municipal de Promoção do Turismo, Claudia Pessôa, todo dia é dia de comemorar o turismo, principalmente na capital alagoana, que nos últimos anos vem apresentando números positivos no setor. Em recente pesquisa, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) lançou um “raio-x” sobre a situação dos estabelecimentos de hotelaria no Brasil. O estudo coloca Maceió entre as cinco capitais brasileiras com mais unidades adaptadas para portadores de necessidades especiais.

Em 2011, ano em que foram coletados os dados, os 129 hotéis estabelecidos na cidade tinham 219 unidades construídas com a preocupação para acomodar o público portador de alguma deficiência física.

“A capital alagoana ficou ao lado de São Paulo, Rio de Janeiro, Natal e Brasília, como as cidades onde se concentra o maior número de quartos adaptados. Maceió, de 2005 a 2012, ganhou seis mil novos leitos, e a pesquisa revela que os empresários do setor investem no turismo de qualidade e acessibilidade”, disse Claudia Pessôa.

Ainda segundo a secretária, Maceió é a primeira cidade do País que possui três jangadas acessíveis. As embarcações permite o acesso de cadeirantes e idosos ao passeio das piscinas naturais da Pajuçara.

Primeira Edição © 2011