Centros de Pesquisa do ICMBio definem metas para 2012

14/02/2012 06:03

A- A+

ICMBio

compartilhar:

Durante a reunião dos chefes dos Centros Nacionais de Pesquisa e Conservação, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), aberta nesta segunda (13), no auditório do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), em Brasília, a chefe do Cepam (Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Amazônica), Liliam Patricia Pinto, anunciou para agosto deste ano a inauguração da sede do centro. Das 11 unidades de pesquisa do Instituto, o Cepam é a mais nova.

“Em 2011, retomamos a construção da sede, que está prevista para ser inaugurada agora em 2012, provavelmente em agosto. Além disso, no ano passado, criamos a nossa identidade visual e formalizamos parcerias com outros centros, unidades de conservação e universidades. Para este ano, já temos programados também sete projetos a serem submetidos à Diretoria de Biodiversidade na chamada 2012, duas oficinas de avaliação de peixes amazônicos e oficinas paralelas com o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Peixes Continentais (Cepta)”, afirmou Liliam.

Gestores de outros centros também fizeram uma avaliação positiva do trabalho do Instituto. O chefe do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros (Cenap), Ronaldo Morato, disse que a sua equipe avançou bastante do ano passado para cá. “Em 2011 atingimos a meta de avaliar os carnívoros. Para 2012 e 2013 temos a meta de concluir a avaliação de todas as ordens de mamíferos de médio e grande porte”, afirmou.

Ronaldo disse também que os Planos de Ação Nacionais (PAN), documentos que definem uma série de medidas de proteção para espécies ameaçadas, estão sendo cumpridos de acordo com o cronograma estabelecido. “Ano passado completamos o plano de ação da onça parda e demos início ao cachorro vinagre”, frisou.

A reunião dos chefes dos centros prossegue em Brasília até quarta-feira (15). O objetivo é fazer um balanço das atividades realizadas em 2011 e definir as metas para 2012. Nesta segunda, as apresentações dos chefes dos centros foram divididas em dois turnos, manhã e tarde. Na terça (14), será apresentado o regimento interno e, na quarta, os chefes voltam a fazer avaliações do trabalho.

O diretor de Pesquisa, Avaliação e Monitoramento da Biodiversidade, Marcelo Marcelino, participou da abertura do encontro e destacou o trabalho desenvolvido pelas chefias dos centros.

Primeira Edição © 2011