Rádio Primeira Edição - Ouça agora!

notícias > Negócios setas

Economia| Petrobras contrata estaleiro Eisa para construção de navios-sonda em Alagoas

10/02/2012 16:13

A- A+

Assessoria

compartilhar:

Ilustração/Internet

A Petrobras divulgou, na quinta-feira (9), a contratação do estaleiro Eisa para a fabricação de cinco navios-sonda em Alagoas. Com este anúncio, o projeto do estaleiro, no município de Coruripe – Litoral Sul do Estado, começa a sair do papel após três anos de negociação.

Para o senador Benedito de Lira (PP-), que participou das negociações entre governo e iniciativa privada para instalação do Eisa, o empreendimento deverá movimentar a economia da região com a criação de cerca de 10 mil empregos diretos só na construção. “Essa iniciativa mudará o perfil econômico do nosso estado com o fortalecimento de outros setores da economia como agricultura e serviços que deverão fornecer, por exemplo, 30 mil refeições para os trabalhadores”, ressaltou.

O estaleiro também vai estruturar outros setores da economia alagoana uma vez que precisará de insumos, peças e equipamentos que poderão ser fornecidos por empresas de todo o Estado. “O estaleiro vai mudar totalmente a feição dos municípios pobres da região. Locais vizinhos a Coruripe serão beneficiados porque poderão fornecer os serviços e produtos necessários ao empreendimento”.

Ao comemorar a decisão da Petrobras, o senador Benedito de Lira lembrou o esforço para concretizar o “sonho” de levar o estaleiro para Alagoas. Ele relembrou inúmeras reuniões e pronunciamentos no plenário do Senado em busca de apoio para o empreendimento.

“É uma alegria muito grande vivermos esse momento importante porque pairava na cabeça dos alagoanos a impressão de que esse projeto não aconteceria. Agradeço a sensibilidade da Petrobras, o apoio da presidente Dilma Roussef que desde o primeiro momento acreditou e da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann que sempre nos atendeu. Em nome dos alagoanos, agradeço a todos que contribuíram direta ou indiretamente para esta conquista que mudará a feição da economia do estado”, concluiu.

Empresas
No total, serão construídos 26 navios-sonda. A Petrobras mantém sigilo total sobre o valor exato do negócio, mas fontes de mercado asseguraram que as taxas diárias devem variar de US$ 526 mil a US$ 540 mil, por unidade. O processo de licitação cancelado em dezembro previa 21 sondas

A Ocean Rig participa do processo atual em parceria com os estaleiros EISA e Mauá. Já a Sete Brasil apresentou como parceiros a Odfjell, Seadrill, Etesco, Odebrecht, Queiroz Galvão e Petroserv, e projeta construir as unidades nos estaleiros do Espírito Santo, Bahia, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

* campos obrigatórios

  • Enviar »
  • PêCê 10/02/2012

    SERÁ QUE AGORA VAI??? PORQUE... ALAGOAS TEM PRESSA, TEM MUUUUUUUUUUUUUITA PRESSA MESMO...

  • marcio da silva pimentel 11/02/2012

    espero poder voltar para meu estado sabendo que la tabem tem uma estrutura de industria, que nos possibilita ter um bom futuro no mercado de trabalho.. atualmente moro em recife-pe, e trabalho no estaleiro atlantico sul, espero voltar em breve, que DEUS abençõe esta obra..

  • jozinaldo pereira da silva 13/03/2012

    OLÁ fiquei muito contente em saber do progeto,pos aumentol minha chance de concorrer à uma oportunidade de emprego no (ESTALEIRO EISA ) depos que conclui o curso de soldador MIG MAG. Não pesso em mas nada, gostaria de uma oportunidade para fazer um teste p/ soldador no estaleiro eisa no rio janeiro

@primeiraedicao seta

anterior proximo
  • Nação Zumbi FC

    @nacaozumbi lança vinil do último disco em show no Cine Joia http://t.co/kx4sk7bIb4 via @primeiraedicao

  • Gerson Vieira

    Samsung Galaxy S4 incendeia debaixo de travesseiro http://t.co/wR66QXXJru via @primeiraedicao

  • João Julio da Silva

    Mais de 170 candidatos a governador disputam a preferência do brasileiro http://t.co/KS7kM0T876 via @primeiraedicao

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Primeira Edição © 2011

Plus! Agência Digital