Codevasf prepara famílias do sertão alagoano para operar e manter cisternas do Programa Água para Todos

Para aprender a operar e manter o sistema das cisternas que a Codevasf está implantando na localidade

01/02/2012 07:22

A- A+

Divulgação

compartilhar:

Trinta famílias do povoado Serra do Bernardino, no município de Estrela de Alagoas, sertão alagoano, participaram na segunda-feira (30) da oficina Gestão da Água, que preparou os beneficiários do Programa Água para Todos para a operação e manutenção do sistema das cisternas que a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) está implantando na localidade. Essas famílias são as primeiras a serem beneficiadas pelo programa no Estado de Alagoas e Estrela de Alagoas é o segundo município do Brasil a ter cisternas implantadas pelo Água para Todos. O primeiro foi Cedro no Estado de Pernambuco.

A capacitação com as famílias de Serra do Bernardino ocorreu na Escola Municipal Francisco de Assis, que também receberá a instalação de uma cisterna para atender à comunidade escolar. De acordo com o coordenador nacional do programa na Codevasf, Hermínio Aguiar, a oficina é uma atividade piloto, que deverá ser aplicada a todos os municípios atendidos pelo Programa Água para Todos.

“No final de 2011, já havíamos realizado um oficina piloto em Cedro (PE). As próximas capacitações serão realizadas nas cidades de Chorrochó (BA), Porto da Folha (SE), Ibotirama (BA), Porteirinha (MG) e Arapiraca (AL). Aqui em Estrela de Alagoas e nos outros municípios a recepção à tecnologia de cisterna adotada pela Codevasf tem sido bastante gratificante. A missão do Programa Água para Todos é universalizar o acesso à água para consumo humano e para produção de alimentos”, declarou Carlos Hermínio.

Divulgação

A oficina Gestão da Água foi ministrada pela consultora do Programa Água para Todos Valquíria Dias Fonseca e contou com a colaboração da equipe técnica contratada pela Codevasf para prestar apoio à fiscalização das instalações de cisternas e às ações sociais do programa em Alagoas. A capacitação contou com atividades como palestras e dinâmicas de grupos. 

“Quero ser uma multiplicadora das informações que recebemos aqui. Vou passar todas as orientações para os vizinhos”, declarou Maria da Conceição Silva, 25 anos, que integra a Comissão Comunitária de Serra do Bernardino. Ela ainda acrescentou que desde criança sente a dificuldade de acesso à água na comunidade. “A água que usamos vem em caminhões pipas, que nem sempre aparecem. Neste caso, a única forma de ter água é buscar num barreiro aqui perto. Mas a água lá é contaminada, suja mesmo. A nossa realidade vai mudar com a instalação da cisterna pela Codevasf”, comemorou.

Durante a capacitação das famílias, muitos participantes descreveram o drama da busca por água para as atividades domésticas. “Para ter água em casa, é uma luta. Eu e meu esposo inventamos um tanque feito com dez tambores grandes de água. Mas agora vai ser melhor. Vamos ter água limpa, pois o meu tanque é aberto e caia insetos e outros animais. Também carreguei muita lata de água na cabeça”, desabafou Cleonice Leonildo da Silva, uma das 30 primeiras beneficiadas pelo programa do Governo Federal em Alagoas. Ela mora no povoado com o marido e dois filhos. 

No mesmo dia, também foi realizada a capacitação dos membros do Comitê Gestor Municipal do Programa Água para Todos em Estrela de Alagoas com a realização do curso “Gerenciamento do Comitê Gestor Municipal”. O comitê é formado por onze membros que representam diversas instituições, como igrejas, sindicato rural, associações comunitárias, representantes da prefeitura.

Divulgação

A capacitação foi acompanhada por técnicos do programa da sede da Codevasf em Brasília e pela equipe local do programa da 5ª Superintendência Regional da Codevasf, com sede em Penedo (AL).

ÁGUA PARA TODOS

Ao todo, o Estado de Alagoas será contemplado com a instalação pela Codevasf de 7.429 cisternas de consumo, de acordo com as metas do programa neste primeira fase. A previsão é que essas instalações estejam concluídas ainda em 2012. Para isso, a Codevasf está investindo nesta primeira etapa cerca de R$ 15 milhões somente em Alagoas. Em Estrela de Alagoas, nesta fase, serão implantadas 1.485 cisternas para consumo humano.

Paralela à capacitação, a empresa contratada pela Codevasf, por meio de licitação, para instalação das cisternas, continuava o trabalho de implantação dos 30 primeiros equipamentos na Serra do Bernardino em Estrela de Alagoas.

As cisternas implantadas pela Codevasf em Alagoas estão sendo produzidas numa fábrica instalada em Penedo (AL) pela empresa Acqualimp, vencedora da licitação realizada pela companhia para fornecimento das unidades. Esta unidade industrial foi implantada exclusivamente para atender o programa da Codevasf. O sistema de cisterna é composto por calhas, tubulações, bomba manual de ferro fundido e a cisterna de polietileno.

Nesta quarta-feira (01), será realizada uma oficina de montagem e manutenção do sistema de cisternas com as famílias beneficiadas pelo programa na Serra do Bernardino, um dos 54 povoados existentes na zona rural de Estrela de Alagoas. A capacitação utilizará uma unidade modelo da cisterna para orientar sobre sua instalação, funcionamento e manutenção. A oficina está marcada para acontecer às 09h no terreiro da casa de Maria Cícera Alves, uma das beneficiadas pelo programa.
 

Primeira Edição © 2011