Após quase quatro anos, Chicago recebe uma edição decisiva do UFC

Anderson Silva e Jon Jones saberão, neste sábado, quem serão seus próximos rivais na defesa dos cinturões dos médios e dos meio-pesados

28/01/2012 14:41

A- A+

SPORTV

compartilhar:

Chicago não recebe uma edição do UFC desde 2008. Após quase quatro anos, o maior torneio de MMA do planeta volta à cidade, trazendo desta vez, uma curiosidade: suas lutas não valem títulos diretamente, mas são fundamentais para a montagem do cenário de duas das principais categorias de peso da organização: os médios e os meio-pesados. Os vencedores das duas últimas lutas da noite ganharão a chance de disputar os cinturões diante dos mais temidos campeões em atividade: Anderson Silva e Jon Jones.

Neste sábado, o canal Combate transmite o UFC: Evans x Davis a partir de 20h (horário de Brasília). O SPORTV.COM acompanha toda a ação em Tempo Real a partir de 19h e exibe em vídeo ao vivo as duas últimas lutas do card preliminar: Evan Dunham x Nik Lentz e Mike Russow x Jon Olav Einemo.

Os pesos-médios Michael Bisping e Chael Sonnen farão o penúltimo duelo da noite. O confronto põe frente a frente dois dos maiores provocadores do UFC. Desta vez, entretanto, Sonnen, notabilizado mais pela verborragia e pela rapidez de pensamento do que pelas suas habilidades como lutador, ganhou o status de "queridinho" da torcida, por estar diante de um dos lutadores mais odiados pelo público. O britânico Bisping, conhecido pela arrogância e pela postura autoconfiante no octógono, vem de quatro vitórias seguidas, e terá a chance de tentar uma disputa de título contra um de seus ídolos.

- Ter a chance de lutar contra Anderson Silva no Brasil, em um estádio de futebol, pelo título dos médios do UFC, é um sonho. Anderson é meu ídolo, eu o admiro muito, compro todas as suas lutas em pay-per-view, e jamais faria como Sonnen. Ele é o melhor lutador do mundo. Mas meu foco agora é em Chael Sonnen, a quem vou derrotar para ter a chance de conquistar o título. Só falo sobre Anderson Silva depois da luta - disse Bisping.

Já Sonnen, que vem de uma bela vitória contra Brian Stann no UFC 136, pode conseguir a chance de protagonizar com o campeão brasileiro a maior revanche do MMA moderno. Após perder de forma épica para Anderson Silva no UFC 117, Sonnen passou a se autoproclamar o verdadeiro campeão dos médios, e sua eloquência acabou conquistando os americanos, que antes o vaiavam, e agora o vêem como ídolo. Tanto na entrevista coletiva quanto na pesagem oficiais, o americano foi o mais aplaudido pelo público.

- Aqui está o verdadeiro campeão diante de vocês, com o verdadeiro cinturão dos médios do UFC. Eu tomei esse cinturão de Anderson Silva, e se ele o quiser de volta, terá de vir buscá-lo. Vou vencer Michael Bisping e depois veremos se Anderson Silva terá a coragem de me enfrentar após ter fugido de mim em pelo menos quatro oportunidades - disse Sonnen, sendo ovacionado pelos fãs presentes à coletiva de imprensa, na última quinta-feira.
 

Primeira Edição © 2011