SMS discute implantação de núcleo de humanização no 6º Distrito Sanitário

24/01/2012 14:19

A- A+

Secom

compartilhar:

Atendendo à solicitação da assistente social Eliane Canuto, coordenadora do 6º Distrito Sanitário, a equipe de Humanização da Coordenação de Desenvolvimento de Recursos Humanos (CDRH) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) esteve reunida com os profissionais da Unidade de Saúde da Família (USF) Carla Nogueira, localizada no Conjunto Moacir Andrade (Benedito Bentes). O objetivo foi promover a implantação de mais um Núcleo de Apoio Institucional à Humanização no Distrito Sanitário, que já conta com algumas unidades que desenvolvem atividades pautadas na Política Nacional da área no SUS.

Fundamentada na análise e vivência da assistente social, a proposta – que se soma ao trabalho da equipe de Humanização da SMS/Maceió, no fomento e fortalecimento da Política Nacional de Humanização (PNH) – resultou num primeiro encontro entre as unidades do distrito, buscando a participação efetiva delas e a construção do projeto, a partir de uma perspectiva que valorize os pensamentos da coletividade, os sentidos que esta atribui ao Núcleo, além de sugestões e críticas.

A segunda reunião do grupo, coordenada pela enfermeira Claudiane Albuquerque e pela psicóloga Lysianne Gomes (da equipe de Humanização da CDRH), ocorrida no último dia 18, reuniu um número maior de trabalhadores e gestores das unidades, além de estagiários de Medicina do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde/Ufal) e da coordenadora do 6º Distrito.

“O grupo discutiu questões ligadas ao funcionamento do Núcleo e associou o mesmo à possibilidade de aumento da cogestão e do fomento das grupalidades, algumas das diretrizes que orientam a PNH. A SMS vive um momento de capilarização dessa política por toda a rede de saúde e este é um movimento que não tem como retroceder, pois cada vez mais se reconhece a importância das ações humanizadas na saúde”, explica Lysianne Gomes.

Primeira Edição © 2011