Vale ainda não vendeu carga de supernavio-operadores

11/01/2012 06:16

A- A+

Reuters

compartilhar:

A Vale ainda não vendeu a grande carga de minério de ferro que chegou à China há duas semanas em um de seus supercargueiros, preferindo armazenar o material perto de um porto, disseram operadores nesta quarta-feira.

O Berge Everest, que levou 350 mil toneladas de minério de ferro para a China, atracou no porto de Dalian no fim de dezembro, após meses de adiamentos da viagem do cargueiro para o maior mercado da mineradora brasileira. O Berge tem capacidade para 388 mil toneladas.

"(O material) foi descarregado em um armazém em Dalian", disse um corretor de minério de ferro em Cingapura. "Do ponto de vista da Vale, não é particularmente favorável vender agora por causa da baixa demanda das siderúrgicas chinesas."

"Neste momento há muito material nos armazéns ao longo da costa por causa do estado da demanda", acrescentou.

A Vale pode estar esperando a demanda chinesa crescer, possivelmente depois do feriado de uma semana no fim de janeiro que marca o ano novo lunar, disseram operadores.

A maior produtora do mundo de minério de ferro não planeja vender imediatamente a carga do Berge Everest, disse um operador de minério de ferro em Hong Kong.

A Vale, que vende 40 por cento de seu minério para a China, tem uma frota de 35 cargueiros "Valemax" para cortar os custos de envio ao país e competir melhor com as australianas BHP Billiton e Rio Tinto.

"A Vale só quis mostrar aos seus clientes chineses que o supernavio pode atracar na China", afirmou ele, acrescentando que a carga deve ser vendida no mercado à vista, em vez de um só comprador em um contrato a longo prazo.

"Temos certeza de que ainda não foi vendido. Deverá ser posto no mercado spot, temos certeza", disse o operador de Hong Kong que vende minério de ferro para siderúrgicas da China continental.

Primeira Edição © 2011