Rota Ecológica: conheça as belezas naturais de São Miguel dos Milagres

Além de tudo, muita paz, tranquilidade, sossego e muita natureza ao redor

11/01/2012 06:48

A- A+

Jessica Pacheco

compartilhar:

O município de São Miguel dos Milagres é uma pequena cidade localizada no litoral norte de Alagoas, há 86 km de Maceió, com pouco mais de 7 mil habitantes e uma área pouco maior que 65 mil km². E é nessa pequena cidade que se encontra uma das mais belas praias do Brasil. Um dos pontos turísticos mais procurados por artistas, por ser reservado e quase inabitado, o Portal Primeira Edição fez um passeio pelo município e conheceu os seus principais atrativos naturais, a rota ecológica e a área de preservação costa dos corais.

Jessica PachecoSaindo de Maceió, são pouco mais de 1h30 de viagem pela rodovia AL-101, passando por cidades como Paripueira, Barra de Santo Antonio, São Luiz do Quitunde e Barra de Camaragibe, entre muitos outros povoados litorâneos. Durante todo o percurso, o visitante é recepcionado por diversos tipos de paisagens, desde os canaviais e pastagens a matas fechadas e rios. Contudo, as estradas esburacadas exigem total atenção do viajante e não permite que ele se deleite totalmente com as belas paisagens.

Jessica PachecoA cidade é pequena, e a área urbana se limita a rua principal que dá acesso a praça central — a Praça Nossa Senhora Mãe do Povo, com destaque a Igreja Matriz no alto da praça — e outra rua que dá acesso a praia. Seguindo a rodovia, o viajante segue para o Povoado de Porto da Rua, distrito de São Miguel dos Milagres.

Agora no verão, a cidade está lotada de turistas que procuram a paz e sossego da cidade quase sem civilização urbana das grandes cidades e a natureza local.

"As pousadas estão lotadas. É bom pra cidade, é bom pra nós comerciantes", disse a Ednelza Verçosa, dona de um barzinho a beira mar. "A gente sempre vê artista por aqui. Eu mesma já vi a Malu Mader, o Zé Mayer. A gente tem o que eles procuram, que é tranquilidade e sossego e essas belas paisagens. Eles passam por aqui, caminham na praia e ninguém abusa, acho que isso também", afirmou ela.

O Morro do Cruzeiro

Jessica Pacheco

Subindo a praça central, o viajante encontra um enorme ladeira que abre caminho em meio a árvores nativas. No alto do morro, o Cruzeiro, com um pequena capela, uma árvore gigantesca e catenária, e um casarão abandonado, com sinais de já ter sido uma casa nobre, com heliponto e tudo mais.

A vista do Cruzeiro é sensacional. Dá pra ver toda a cidade, o imenso coqueiral, uma pequena mata e o belo e azul mar de São Miguel dos Milagres. Quando a maré está baixa, dá, inclusive, para avistar a beleza da piscina natural de São Miguel.

Jessica Pacheco

Praia

Jessica PachecoÁguas límpidas, em tom esverdeado, intercalando entre esmeralda ao turquesa, mar calmo, com poucas ondas. E o melhor, águas quentes, mornas, na temperatura ideal para quem procurar o aconchego e o descanso.

A poluição urbana ainda não chegou à praia de São Miguel. A praia é limpa e o mar também, resultado esse das intensas ações de conscientização ambiental desenvolvido tanto pelos órgãos municipais, como os trabalhos de educação ambiental desenvolvidos pelos empresários do trate turístico que atuam no local. A Pousada do Toque e a Pousada da Amendoeira ajudam a manter praticamente intocado o Meio Ambiente local.

Piscinas Naturais

Jessica PachecoO Primeira Edição foi apresentado à piscina natural de São Miguel dos Milagres por uma pescador local, que trabalha em parceria com as pousadas levando os turista para um passeio consciente, natural e prazeroso pela belas águas esverdeadas do mar local.

Às 7 horas da manhã, com a jangada à postos, Dudu, como é chamado o pescador e jangadeiro, já nos aguardava com um imenso sorriso no rosto, contrastando com a hora, mas combinando imensamente com o clima local.

Jessica Pacheco“Eu amo o que eu faço. Quando eu vou pra Maceió, fico dois das lá, já fico doente, querendo voltar”, dizia Dudu, pescador e jangadeiro de São Miguel. “Olha isso aqui... Eu não sei mais viver sem isso. E você perdeu o pôr-do-sol aqui dentro”, se derretia Dudu, explicando que havia acordado às 4 horas da madrugada para pescar, já havia voltado pra casa e tratado o pescado.

O percurso até a piscina natural é rápido, não demora mais que 7 minutos, mas as formações de ondas que levantavam a jangada dava uma adrenalina super prazerosa, sem contar com as belas recifes, onde as ondas batiam com vigor e proporcionavam cenas mais belas ainda.

Jessica Pacheco“Eu vim pelo caminho mais rápido, e onde o mar é aberto, pra vocês sentirem um pouco do mar. Mas esse caminho vai de acordo com o turista. Tem uns que pedem pra eu entrar mar adentro mesmo, mas tem outros que não pode ver uma ondazinha que já está se segurando, agarrando no colete”, explicou o jangadeiro. “Teve uma senhora que no primeiro balanço da jangada, sentou aqui na minha frente e disse que ia ficar comigo, porque eu sabia nadar e qualquer coisa eu salvada ela. Ela segure na bóia não!”, se divertia Dudu.

Jessica Pacheco

A piscina natural tem águas límpidas, calmas, quentes. A jangada obedece aos critérios estabelecidos, não passar por cima dos corais para não quebrar e no local já existe cordas para que as âncoras não sejam jogadas nos recifes.

Jessica Pacheco

O passeio foi curto, pois o Dudu tinha que ir a uma das pousadas pegar turistas que o aguardavam para curtir a piscina natural e o mar de São Miguel.

Atrações

A cidade e as belezas naturais do local proporcionam diversos atrativos para aos visitantes:

- Passeios de buggy pelas rodovias, visita ao alto do morro do Cruzeiros e outros roteiros pré-estabelecidos - Praia do Patacho e Praia da Lage / Porto de Pedras; Praia dos Morros e Foz do Rio Camaragibe / Barra de Camaragibe; Fazendas e trilhas locais / São Miguel dos Milagres; entre outros. Só não é permitido passeios automotivos na areia da praia, já que esses são proibidos por Lei Municipal. O serviço de buggy devem ser contratados diretamente nas pousadas.

- Passeios à Cavalo adentra as áreas de proteção ambiental. Dessa forma o turista pode entrar realmente no clima local e desfrutar inteiramente dos recursos naturais do município.

- Os passeios às piscinas naturais, com já foi enfatizado, é uma dos principais atrativos da cidade e podem ser contratados os jangadeiros através das pousadas, ou na própria praia. Agora no verão o valor do passei gira em torno de R$ 35 por pessoa, mas vale muito a pena. Para quem não puder pagar, pode se chegar a pé à piscina natural de São Miguel dos Milagres. O mar seca quase que totalmente, o visitante só deve ficar atento para hora em que a maré enche.

"A gente acha caro, mas vale muito a pena. É emocionante, o mar é lindo e o banho é sensacional. Eu pago de olhos fechados. Realmente, vale muito a pena", disse Witala Barreto, que fez o passeio e já espera a próxima visita a cidade.

Primeira Edição © 2011