Corpo de Bombeiros divulga balanço de ocorrências

09/01/2012 15:15

A- A+

Assessoria

compartilhar:

O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas mostra o balanço geral das ocorrências de 2011 registradas no Sistema de Gestão Operacional Unificado (SisGOU). Ao todo, foram 9.558 (uma média de 26,18 ocorrências por dia ou 796,5 por mês) sendo 7859 na região metropolitana (Grande Maceió e os litorais – Barra de Santo Antônio a Barra de São Miguel). Só no último trimestre de 2011 foram 1920 ocorrências.

O dia que teve o maior número de ocorrências registradas foi justamente o primeiro dia do ano. No Réveillon foram registradas 69 ocorrências, superando inclusive a dias de muita festa como o Carnaval. Em contrapartida, o dia mais “tranquilo” de 2011 foi o dia 11 de maio com apenas quatro ocorrências.

OCORRÊNCIAS COMUNS – Dos 110 tipos de ocorrências registradas no SisGOU, os acidentes de trânsito (com ou sem vítimas) são os mais comuns: com 1557 eles representam 16,29% do total. Em segundo lugar, os incêndios: em 2011 foram 1006 em todo o Estado. Uma média de 2,76 por dia. Atendimento a quedas representam 925 ocorrências. Com 741 ocorrências, seguem os atendimentos a casos clínicos. Combate a insetos agressivos representam 500 ocorrências do total. Essas ocorrências mais comuns representam 49,48% ou 4729 acionamentos.

Completando o “top 10” de ocorrências seguem em sexto, os resgates de animais (470); em sétimo os transportes a vítimas já atendidas (361); em oitavo, as buscas de animais (337), em nono, colisões de veículos em postes, árvores, muros e afins (327); e em décimo, outras ocorrências não especificadas (276). Afogamento foi apenas o 13º tipo de ocorrência mais atendida em 2011: 200 no total, sendo 186 na capital.

PRIMEIRA SEMANA DE 2012 – Um comparativo dos primeiros sete dias de 2012 com o mesmo período do ano passado mostram uma melhora significativa no número das ocorrências. Em 2011 foram 270 sendo 69 no primeiro dia do ano. Em 2012, foram 192 ocorrências (47 no dia 1º de janeiro). Enquanto o turismo comemora a grande quantidade de turistas em Alagoas, uma das principais preocupações do Corpo de Bombeiros neste começo de ano, é justamente a grande quantidade destes turistas, principalmente na capital, que vêm ao Estado conhecer as belezas naturais (principalmente as praias), o que pode acarretar um número maior de ocorrências envolvendo afogamentos. Nos finais de semana o efetivo de guarda-vidas é aumentado para uma melhor cobertura nas praias.

Neste começo de ano já foram registrados oito afogamentos sendo dois óbitos. Apesar destes dados, a expectativa para o ano ainda é boa já que o trabalho de prevenção e informação vem sendo amplamente divulgado. Já é possível perceber uma leve melhora comparada a 2011, que registrou 12 ocorrências no mesmo período.

Segundo Secretaria de Turismo de Alagoas, a expectativa para o 1º trimestre é que 88 mil turistas devem pisar em solo alagoano e desfrutar das belezas naturais e gastronomia local. Há 4 anos o número de turistas em AL vem crescendo significativamente. 

Primeira Edição © 2011