Agente diz que Hulk não forçará saída do Porto

Segundo empresário, Hulk quer disputar uma competição mais atrativa

09/01/2012 05:24

A- A+

UOL - Esportes

compartilhar:

Teodoro Fonsea, agente do atacante Hulk, do Porto, reconheceu que o jogador deseja mudar de ares para disputar uma competição “mais atrativa”, porém afirmou que o brasileiro não forçará a sua saída.

“Como qualquer jogador, Hulk também quer uma competição mais atrativa. Um dia se sentará na mesa com os dirigentes do Porto e as partes vão concordar que o seu ciclo terminou, como aconteceu com Deco e Lisandro López”, explicou Fonseca ao jornal O Jogo, de Portugal.

O empresário de Hulk ainda afirmou que a multa rescisória do brasileiro, que é de 100 milhões de euros, a mais alta do futebol português, “é um valor que não significa nada” e que será os dirigentes do clube português que serão os encarregados de negociar o valor da transferência.

Fonseca afirmou que Hulk “nunca se negará a jogar ou atuará sem motivação”, mesmo com o desejo de mudar de clubes. Porém, o agente afirmou que eles não receberam ofertas concretas, enquanto a imprensa europeia divulga que Chelsea, Manchester City e PSG estariam interessados em contar com o jogador.

“Comigo e com o Hulk ninguém falou, até gostaria que ele fosse para o Chelsea, pois lá está André Villas-Boas”, explicou. Hulk e Villas-Boas trabalharam juntos no Porto antes do treinador se transferir para o futebol inglês.

O agente ainda disse que o atacante brasileiro recebeu três propostas melhores que a do Porto no início da temporada, mas preferiu permanecer em Portugal para disputar a Liga do Campeões e a Supercopa da Europa contra o Barcelona.

Fonseca aproveitou para avisar que Hulk não terá uma transferência parecida com o colombiano Falcão Garcia, que deixou o Porto para jogar no Atlético de Madri.

“É verdade que ele nunca aceitaria o Atlético de Madri, Hulk não se move pelo dinheiro, e sim pela ambição esportiva, pelo amor e pelo carinho, e reconhece tudo o que o Porto fez por ele. Ele quer uma equipe que lute por títulos, que jogue a Liga dos Campeões e tenha um grande projeto”.

Primeira Edição © 2011