Problemas da Europa derrubam bolsas da Ásia

06/01/2012 05:52

A- A+

Reuters

compartilhar:

As bolsas de valores asiáticas fecharam em baixa nesta sexta-feira, enquanto o euro atingiu uma nova mínima em 16 meses contra o dólar por preocupações sobre o prejuízo que a crise de dívida da zona do euro está causando aos bancos.

O índice MSCI das ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,89 por cento e rumava para terminar a primeira semana de 2012 em leve alta, após o tombo de 18 por cento sofrido no ano passado. Em Tóquio, o índice Nikkei recuou 1,16 por cento.

As financeiras se enfraqueceram em geral, com os problemas da Europa reduzindo a confiança, embora os bancos asiáticos não tenham a mesma exposição que os bancos europeus aos ativos tóxicos da zona do euro.

O euro caiu a 1,2763 dólar, o menor valor desde setembro de 2010.

"Os estresses da área do euro continuam elevados", escreveu o Standard Chartered em nota de pesquisa. "Dados econômicos ruins, rebaixamentos de países e uma demanda fraca por emissões de bônus governamentais continuam sendo ameaças importantes para a região."

Já o índice de Seul encerrou em baixa de 1,11 por cento, refletindo o nervosismo na região após a morte do líder norte-coreano Kim Jong-il em dezembro. A moeda sul-coreana também perdeu valor em meio a rumores de um incidente nas instalações nucleares do Norte. Autoridades em Tóquio disseram não saber de quaisquer incidentes.

O mercado recuou 1,17 por cento em Hong Kong e a bolsa de Taiwan perdeu 0,15 por cento, enquanto o índice referencial de Xangai destoou ao avançar 0,70 por cento. Cingapura teve leve alta de 0,09 por cento e Sydney fechou com desvalorização de 0,82 por cento.
 

Primeira Edição © 2011