Leandrinho é apresentado e Aloísio diz que vai jogar

04/01/2012 05:16

A- A+

Futebol Alagoano

compartilhar:

O atacante Leandrinho, 28, foi apresentado oficialmente como o mais novo reforço alvirrubro para o Campeonato Alagoano. O jogador atuou dez partidas pelo clube português Gil Vicente e seu último jogo oficial foi no dia 15 de dezembro do ano passado. Leandrinho foi submetido aos exames médicos de rotina e a partir desta quarta-feira (4), já intensificará os trabalhos físicos para entrar em forma para o duelo contra o CSA.

Além de Leandrinho, outro que está motivado e confiante de que vai participar do Clássico das Multidões, é Aloísio Chulapa. O experiente atacante, que se recupera de uma lesão no joelho esquerdo, sofrida no dia 3 de dezembro no jogo final do CRB contra o Joinville-SC, pelo Brasileiro da Série C, já está em fase final de recuperação, vem sendo observado atentamente pelo departamento médico Alvirrubro e deve ser liberado para começar os treinos físicos na sexta-feira.

“O Aloísio já está em um processo bem avançado de recuperação. Temos que esperar a resposta, se não vai ter nenhuma dor. A gente tem que segurar um pouquinho em termos de atividades. Para sexta-feira ou, no mais tardar, na próxima semana, ele já deve estar à disposição da comissão técnica”, disse o fisioterapeuta André Melo.

O homem-gol regatiano está tão confiante que participará da estreia alvirrubra, que chegou a desafiar o goleiro Flávio, do CSA, para uma aposta onde o perdedor terá que doar 30 cestas básicas para uma instituição de caridade.

“Quem é que não quer jogar o clássico? Principalmente eu, já que será o meu primeiro clássico no CRB contra o CSA e para mim vai ser muito bom. Graças a Deus, minha recuperação está em um estágio avançado. Comecei a fazer o trabalho de fortalecimento muscular e a previsão dos fisioterapeutas é que na sexta-feira eu seja liberado do DM e comece os trabalhos físicos de forma intensiva. Quero aproveitar a oportunidade e lançar um desafio ao meu irmão e parceiro Flávio, goleiro de Seleção, mas sempre que me enfrentou foi lá dentro pegar a redonda. Uma aposta de 30 cestas básicas, para quem perder, doar a um lar de caridade”, disse Chulapa.  

Primeira Edição © 2011