Campanha Rodovida começa essa semana em Alagoas

Órgãos de trânsito federal, estadual e municipal realizarão trabalhos simultâneos até o Carnaval

04/01/2012 13:05

A- A+

PRF

compartilhar:

O Governo Federal, através da Polícia Rodoviária Federal (PRF), lançou, no final de dezembro passado, a Operação Rodovida. Essa ação faz parte do pacto nacional pela redução de acidentes no país e tem como proposta principal a atuação integrada e simultânea dos órgãos de trânsito das três esferas de poder: estadual, federal e municipal. Há uma semana, Alagoas foi apresentada ao Rodovida e ontem (03), durante uma prestigiada reunião, os órgãos envolvidos bateram o martelo para o início dos trabalhos, que começarão essa semana e se estenderão até o Carnaval.

O Subcomandante da Polícia Militar em Alagoas, Cel. Dimas Barros, recebeu as autoridades no Salão Nobre do Comando Geral da PM, no centro de Maceió/AL. O Superintendente da PRF em Alagoas, Inspetor Josemar Monteiro Barros, direcionou os trabalhos e explicou a finalidade das ações, que deverão focar, principalmente, nas causas de acidentes mais graves como embriaguez ao volante, excesso de velocidade, ultrapassagens indevidas e condução de motocicletas.

Estiveram presentes na reunião, o Superintendente da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Maceió (SMTT), Pinto de Luna; a Promotora de Justiça Marluce Caldas, do Ministério Público Estadual; o Diretor do Instituto Médico Legal de Alagoas (IML/AL), Gerson Odilon; a Superintendente de Vigilância à Saúde da SESAU/AL, Sandra Canuto; o diretor metropolitano da Polícia Civil de Alagoas, delegado Arnaldo Soares; o comandante de policiamento da capital, Cel. Gilmar Batinga; o Coordenador de Segurança no Trânsito do DETRAN/AL, Antônio Monteiro; além de representantes do BPTran e do BPRv.

Semana passada, durante o lançamento do projeto no Estado, todas essas instituições foram convidadas a fazer parte das ações. Ontem, o objetivo era definir estratégias e um cronograma de trabalho, no qual foi proposto dias e horários para que os comandos fossem realizados. Com as blitz ocorrendo no mesmo momento nas rodovias federais, estaduais e nas vias municipais, os órgãos fecharão o cerco contra os infratores que só terão uma única saída: trafegar obedecendo às regras de trânsito.

Primeira Edição © 2011