Em 4h, Copom de Arapiraca registra três casos de violência contra mulher

Em todos os casos ocorridos em Arapiraca, os acusados fugiram do local

02/01/2012 16:13

A- A+

Fran Ribeiro

compartilhar:

O ano começa e os casos de violência doméstica persistem. Só nesta segunda-feira (2) no município de Arapiraca policiais do 3º Batalhão atenderam três ocorrências de homens que agrediram suas companheiras.

Por volta das 10h da manhã o primeiro caso. Maria Severina Silva Cerqueira, 46 anos, de 46 anos acionou a polícia depois que José Cícero da Silva Rocha, 21 anos a agrediu. Uma guarnição foi deslocada para a casa da vítima, localizada no Beco do Jorge, no bairro Teotônio Vilela. Ao chegarem lá, os policiais não encontraram o acusado, que fugiu do local.

Os outros dois casos aconteceram no início da tarde. Por volta das 13h, os vizinhos de Maria do Socorro da Conceição, 37 anos ligaram para o Copom e informaram que a vítima estava sendo espancada por José Santos da Silva, 42 anos. A vítima informou que essa não era a primeira agressão cometida pelo marido, mas que ela tinha receio de ir denunciá-lo e depois sofrer algum tipo de represália. A agressão aconteceu na Rua Cajarana, que fica no Conjunto Jardim das Paineiras. José fugiu do local e a polícia fez rondas para localizar o autor, mas não obteve êxito.

Às 14h30 outro chamado. Elma Martins Silva, 33 anos, que reside na Rua João Lima, no bairro Zélia Barbosa Rocha, ligou para a polícia e denunciou que estava sendo agredida por seu companheiro. Ao perceber que a PM iria até o local, Elipaulo Santos do Nascimento, 29 anos, fugiu. Além de espancar a esposa, Elipaulo foi acusado de abusar de uma das filhas de Elma.

A guarnição encaminhou a vítima e uma das filhas para a Central de Polícia para os devidos procedimentos.
 

Primeira Edição © 2011