seta

67 postagens no blog

Empresário, Professor, Pós-graduado em Humanas, e Bacharel no curso de Direito Atuou na área Social e de Responsabilidade Social, ajudou na implantação e implementação do Instituto para o Desenvolvimento Social e Ecológico (IDESE) - OSCIP da Usina Coruripe.

Agente cumpre. Já os semideuses...

07/11/2014 10:04

Em recente acontecimento no caso da Lei Seca, onde o desfecho foi comentado por muitos cidadãos, que indignados, postaram palavras de todo tipo nas redes sociais, em favor da agente de trânsito, o que pode ser retirado de lição deste fato, é que, bom mesmo neste país é ter título atrelado a profissão, e nada mais... Vale muito mais infringir qualquer tipo de lei, tentando ser o “esperto”, do que praticar cidadania e obedecer às sanções impostas numa sociedade.

E o mais interessante disso tudo?

É quando o infrator é o próprio operador máximo do direito, o defensor da justiça e que necessita por si só, ser um exemplo de conduta.

Analisando este e demais casos julgados no Brasil, e desde já, rindo, pra não se desesperar e pegar o primeiro avião na tentativa de morar legalmente em países de 1º mundo, podemos enxergar claramente, que Desrespeitar continua sendo a palavra da ordem quando o assunto são os “Semideuses” deste país.

Aqui, cumprir as atribuições que são devidas pode custar muito caro.

seta

Eleições 2014 - Mudar de Síndico do seu prédio, ou continuar?

23/10/2014 16:35

Diante de tanta metralhadora apontada nos últimos dias nas redes sociais, todas em busca de votos para PT ou PSDB, e até mesmo tentando induzir votos para ambos, querendo que o exército de eleitores aumente e fique cada vez mais munidos de informação (muitas vezes faltas, criadas, montadas) não sabemos de que forma proceder, ou se isso vai realmente funcionar até este domingo que se aproxima, ou até onde isso vai chegar...

Aos que ficam apenas observando, fica uma sensação em que não sabe se curte – compartilha – comenta, ou como era de costume nas provas escolares, se fica com a resposta NDA.
 
Quanto ao assunto, 2o turno para os presidenciáveis do Brasil, não se deve negar que sempre vão existir pontos positivos e negativos, em cada partido e candidato que exerceu ou venha a exercer tal cargo, principalmente por ser o mais desejado pela classe política quando se trata de governar um território. Pontos esses, que vão aumentando ou diminuindo de acordo com a área social a ser discutida como moradia, saúde, segurança e etc.
 
Já quanto aos candidatos em questão, deve ser de grande valia a Alternância de Poder para qualquer população, principalmente quando estamos falando de um país, onde muitos enchem a boca para dizer que vivem numa Democracia... Uma mudança de gestão, de ideias, de ideologia política deve sim permear uma sociedade em desenvolvimento. Deve ser visto como positivo mesmo quando este “time” estiver ganhando, realizando boas partidas, e construindo uma base para os próximos.

O que não é bem isso que vem acontecendo... A mudança no início pode ser temerosa, isso em muitos aspectos de nossas vidas, fato, porém também pode ser bem-vinda quando se trata de algo para atender a coletividade, e se não der certo, que pode acontecer sim, pois o erro na gestão faz parte de qualquer carreia profissional, no tempo adequado (4 anos), os assistidos, vão lá na "caixinha eletrônica da democracia" e  retiram do poder. Pois como consta na Carta Magna de 1988:

 

Parágrafo único. Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição .


Numa proporção bem menor, é como você ter em seu prédio, um síndico que está no cargo por 2, 3, ou 6 anos e sentindo que o mesmo, vem ao longo desse período, cometendo falhas, sendo chamado de corrupto, sendo acusado de desviar o dinheiro dos condôminos, ou até mesmo faltando com documentação diante do conselho eleito por todos.
 
Num caso assim, sendo no seu prédio, qual a melhor atitude a ser tomada?

Está indeciso na eleição para síndico do seu prédio? É prudente escolher a mudança na gestão.
 
Mesmo que todos saibam que o próximo síndico não será o "salvador da pátria" nem o super herói dos quadrinhos infantis tão desejado por muitos.

seta

Você sabe o filho que tem.

02/10/2014 23:07

"Todo pai e toda mãe sabe o filho que tem, assim, bata palma na hora merecida, mas não use essa mesma mão para passar na cabeça dele quando estiver errado. Corrija-o enquanto tiver tempo para tal" Não que se queira dar uma fórmula, ou um manual de instruções desses que vem num aparelho eletrônico que compramos para nossa casa, mas vale a reflexão bem crítica dessa situação, onde muitos pais costumam usar do "belo" artifício do jeitinho brasileiro para deixar sempre que os filhos se utilizem do "besteira mãe... Besteira pai", atitude nada favorável quando se trata de mostrar a quem veio ao mundo sem conhecimento algum, a realidade do erro e do acerto.

Daí alguém pode perguntar: quando é erro e acerto?

A resposta pode ser dada exatamente naquilo que não queríamos que fizessem conosco ou com nossos filhos. Vai no tipo de comportamento e de freio que você (pai e mãe) precisa impor, para que o mesmo escute e passe a praticar. "Usar o freio nesse caso é acelerar socialmente"

#PalpiteSocial

seta

Brasileiro. O que você traz em sua bagagem do exterior?

27/08/2014 20:07

A cada dia que passa observamos o crescimento do nosso Brasil com relação aos números informados em telejornais e revistas, que abordam tal assunto. Números estes envolvendo todas as áreas, seja saúde, educação, habitação, economia e etc... E crescente também o acesso da classe “B” no mercado de trabalho e na movimentação dessa economia do país, e inclusive tendo muitos deles aderindo às viagens ao exterior, o que é muito bom, quando se trata de adquirir outra cultura, outros costumes sociais, ampliando sua visão de mundo e de comportamento social.
 
E é exatamente esse comportamento social que vem a ser observado por aqui, pois é de estranhar que este mesmo brasileiro, esta mesma classe, ao pisar em solo americano se molda aos costumes locais, respeitando as regras diariamente, utilizando faixa de pedestre, não jogando seu lixo no chão durante os passeios, aguardando sua vez nas filas seja dos parques ou supermercados, cumprimentando o próximo com um bom dia e sempre que possível pedindo desculpas...
 
Enfim, este mesmo brasileiro ao retornar ao país de origem, além das inúmeras malas de compras realizadas no exterior, chega também com uma bagagem cheia de novidades, dizendo aos quatro cantos que "tudo funciona", que tudo é lindo, maravilhoso, que as pessoas são educadas, e por aí vai... Porém em poucos dias de "solo local" este brasileiro bem comportado, volta a ser o aquele que adora o arranjado, a coisa fácil, cheio de desculpas para todas as atitudes imprestáveis.
 
Para quem conhece Maceió, fazendo uma analogia da situação: é como essa pessoa ter um comportamento de 3º mundo em qualquer supermercado da cidade, e de 1º mundo no Palato 24 horas.
 
E continuo a falar que, o pior disso tudo, é saber que muitos adultos, pais de família viajantes, voltam a ter em sua bagagem, produtos que não agregam em nada na sociedade, "mal educando" seus filhos para que sigam dando continuidade a esses "exemplos".

seta

Seja um Leitor Adulto! Não julgue na emoção...

11/08/2014 20:08

 Não sei se muitos pensam dessa maneira, mas depois do crescimento avassalador das redes sociais no mundo, onde todos postam o que querem e bem entendem, as pessoas passaram a acreditar e compartilhar de tudo, sem sequer fazer uma releitura do assunto ou procurar saber a fundo, se isso trata de algo verdadeiro ou não, se realmente o "compartilhar" vai ajudar atingindo o objetivo, ou em aumentar a quantidade de mentirosos.

Ao recebermos qualquer notícia, seja em qualquer veículo de comunicação, precisamos ser críticos, ler com atenção, para daí, alimentarmos assuntos realmente verdadeiros.

Afinal de contas, muitos gostam de aumentar ou até mesmo criar a falsa notícia... Fato muito corriqueiro.

O brasileiro em sua maioria não tem o hábito da leitura, e quando possui essa característica não conseguem "contaminar" seus vizinhos, seu círculo de amizades. Até porque muitos gostam de uma notícia pronta, na mesa, só esperando para ser servida, não querendo gastar um minuto do dia exercitando parte do corpo que não o teclado do smarthphone.

Antes de julgar qualquer fato, principalmente os que correm nas redes sociais, respire, pare um pouco e pondere os dois lados da moeda, até porque isso é como um "bumerangue", podemos até jogar palavras com rigor, porém lá na frente ela reverte.

Não seja o inverso de um Leitor Adulto.

seta

Primeira Edição © 2011