seta

647 postagens no blog

Terceira edição do Mutirão Saúde em Movimento será na sexta

24/09/2014 14:15

Devido a grande procura por exames e consultas durante a última edição, a cidade de Arapiraca receberá novamente o Mutirão Saúde em Movimento. A ação, que visa ofertar consultas especializadas, exames e marcações de cirurgias, irá ocorrer nesta sexta-feira (26), a partir das 8h, na Escola Estadual Senador Rui Palmeira, mais conhecida como Premen, localizada na Rua Manoel Nunes Neto, no Centro.

Esta será a terceira vez que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) realiza o mutirão Saúde em Movimento em Arapiraca, que oferece exames de oftalmologia e ecocardiograma, além de consultas com ortopedista, oftalmologista, urologista, dermatologista e clínico geral. Na edição desta sexta-feira (26) serão ofertados 1.000 atendimentos e realizados mais de 1.500 exames. 

Para ser beneficiado com as ações do mutirão, basta comparecer à Escola Estadual Senador Rui Palmeira portando o Cartão do SUS. De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Jorge Villas Bôas, os exames mais procurados são os da área de oftalmologia, onde as pessoas também receberão óculos gratuitamente.

“Cerca de 80% das pessoas que comparecem aos mutirões buscam atendimento oftalmológico, que poderá diagnosticar problemas como catarata, glaucoma, pterígio (carne crescida) ou, simplesmente para fazer exames para detectar o déficit do grau”, informou o secretário de Estado da Saúde.

seta

Murici recebe 21ª edição do programa Pontapé

17/09/2014 08:15

Com o objetivo de estimular o desenvolvimento da prática empreendedora em jovens estudantes, o programa Pontapé chega a sua 21º edição. Desta vez, o evento será realizado durante a II Semana de Agroindústria e Agroecologia (Semagro), no Campus do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) de Murici. Cerca de 250 universitários devem comparecer ao encontro na próxima quinta-feira (18), a partir das 14h.

A iniciativa aproxima os jovens do cenário empreendedor, na medida em que traz para sua realidade ações de incentivo, como casos de sucesso que aconteceram dentro do projeto e palestras com profissionais do segmento. Nesse sentido, o mestre em Administração, Victor Sgarbi, participará da edição expondo suas experiências no ramo empresarial, enquanto sócio de uma das marcas alagoanas mais criativas do mercado.

Para a diretora de Micro e Pequenos Negócios da Seplande, Irys Cavalcante, o Pontapé tem sido fundamental ao ajudar jovens universitários desenvolverem ideias inovadoras. “Grande parte dos estudantes tem ideias muito boas, mas ainda não as desenvolveram por falta de incentivo. Então, essa é uma oportunidade deles conhecerem projetos inspiradores e perceberem que suas ideias têm espaço dentro do mercado empreendedor”, avaliou.

Pontapé

Alcançando a marca de 21 seminários realizados, o Pontapé se consolida como programa que alia o novo olhar empreendedor ao conhecimento teórico adquirido no universo acadêmico. Após seu primeiro ano de atuação, o encontro continua com ações de estímulo à prática empreendedora, ao tratar o empreendedorismo como atividade alternativa e cada vez mais viável para o crescimento profissional. 

Idealizado pelo Fórum Estadual das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Fempe), o Pontapé acontece em parceira com a Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Econômico do Estado (Seplande), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/AL) e a Universidade Federal de Alagoas (Ufal). A 21ª edição contou com a organização do Núcleo de Inovação e Tecnologia do Ifal.

seta

Nova sede da Defensoria Pública em Arapiraca será inaugurada

16/09/2014 12:33

A Defensoria Pública do Estado de Alagoas entrega mais uma nova sede da instituição para a população alagoana, nesta quarta-feira, durante a solenidade de inauguração que acontece às 16 horas, na Rua Pedro Nunes de Albuquerque, nº 457, no município de Arapiraca, local da nova sede. Antes, os atendimentos da Defensoria em Arapiraca eram realizados na Rua São José, 396, Alto do Cruzeiro, mesmo município.

A nova unidade conta com um aumento de quatro vezes na capacidade de transmissão de dados, o que facilita no atendimento devido aos novos processos serem eletrônicos. No local atuarão os defensores públicos André Chalub, André Tavares, Ana Fernanda Alves, Gustavo Barbosa Giudicelli, Candyce Brasil, Marcos Freire e Roberto Alan Torres.

Os serviços oferecidos serão os mesmos do espaço antigo, entre eles: atendimento a questões de saúde; atendimento na área da família, a exemplo de pensão, divorcio, investigação de paternidade, inventário; atendimento cível, como usucapião, retificação de registro público; atendimento na área da infância, que são ações de adoção e pedidos de guarda; atendimento na área Criminal e na área de execução penal, entre outros.

Na nova sede, os atendimentos terão início na próxima quinta-feira, e serão realizados de segunda à quinta, das 12h às 18h e, na sexta-feira, das 8h às 13h.

seta

São Miguel dos Campos discute propostas para o Plano Estadual de Educação

09/09/2014 15:00

Pais, servidores, alunos, representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Alagoas (Sinteal) e demais segmentos representativos da sociedade civil participaram, na manhã desta terça-feira (09), da primeira audiência pública no interior do Estado sobre Plano Estadual de Educação (PEE). O evento ocorreu no Fórum Dr. Antônio de Moura Castro, em São Miguel dos Campos, e teve como objetivo discutir as políticas públicas para o segmento no estado. A discussão atendeu ao convite o Fórum Estadual Permanente de Educação do Estado de Alagoas (Fepeal).
 
Além de São Miguel dos Campos, outros municípios tiveram representação na audiência, a exemplo de Anadia, Barra de São Miguel, Boca da Mata, Campo Alegre, Coruripe, Jequiá da Praia, Junqueiro, Roteiro e Teotônio Vilela. As atividades iniciaram com uma palestra proferida pela professora Irailde Correia, da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), que apresentou números e elementos balizadores para as discussões posteriores.
 
Ela fez questão de ressaltar a importância da participação de todos os segmentos e das redes. “O intuito é fazer um debate efetivo com a população, pois as propostas contidas neste plano atingirão todos os setores educacionais de Alagoas”, ressaltou.
 
A coordenadora da 2ª CRE, Ana Paula Freire, também comemora a realização do evento. “É importante compartilharmos e discutirmos essa vivência do cotidiano das escolas e trazer suas experiências, fortalecidas por meio da parceria com os municípios da região”, comemora.
 
O coordenador do Fepeal, Juliano Brito, conta que o fórum promove as audiências públicas para ouvir todos os elos envolvidos no fazer educacional, sejam eles os que executam, a exemplo dos professores, ou os beneficiários destas ações, como os alunos, pais e população em geral. A ideia é avaliar o plano atual e ouvir novas propostas para o novo, que deve ser enviado para avaliação e aprovação da Assembleia Legislativa até 2015.
 
“No final do próximo ano termina a vigência do plano atual, que foi aprovado em 2006. É preciso avaliar junto à população as ações deste documento, ver quais foram efetivadas e o que é preciso melhorar. É isso que esperamos ouvir e discutir com a sociedade alagoana no decorrer destas audiências”, explica.
 
Juliano informa ainda que serão realizadas mais dez audiências em municípios polos em todo o Estado, além de uma última, em Maceió, para fazer o diagnóstico geral e, à luz do Plano Nacional, documento balizador de toda a discussão, formular a proposta que seguirá para apreciação e aprovação.
 
“Já temos outra audiência confirmada para Palmeira dos Índios no dia 23 deste mês, no campus do IFAL, também no horário das 9h às 13h. É muito importante que a população da região também se faça presente e contribua com as suas propostas”, adianta.
 
Gestores e docentes – A secretária Municipal de Educação de São Miguel dos Campos, Maria do Amparo Farias, destacou a importância da participação de todas as representações do poder público e sociedade civil na construção democrática de propostas para a Educação, com a inserção de diversos segmentos.
 
“É relevante participar deste momento de reformulação, com participação coletiva, envolvendo as redes municipais e a estadual. Em São Miguel dos Campos, estamos vivendo dias positivos com apoio também da iniciativa privada, que tem investido na educação. Acreditamos nesta união para efetivação das propostas e também para a execução dos nossos projetos”, declara.
 
O prefeito de São Miguel dos Campos, George Clemente, apontou a Educação como um investimento primordial para qualquer município. “Precisamos buscar subsídios para melhorar cada vez mais a sua qualidade pois, se este setor estiver bem, evolui a população, o município, o estado e, consequentemente, o país”, frisa.
 
Professores que participaram da audiência também apoiam a proposta de construção coletiva e acreditam que ela fortalece o movimento. Foi o que declarou Naildo Farias, diretor e professor da disciplina de História da Escola Municipal Pedro de Oliveira Santos, de Campo Alegre. “É importante participar deste momento. Quando a gente participa, sente-se ainda mais responsável”, avalia.
 
Plano - O atual PEE (Lei 6.757/2006) foi aprovado em 2006 e tem vigência até 2015, reunindo as principais políticas públicas para a Educação no Estado. Além de discutir e reavaliar o documento atual, Alagoas precisa construir um novo plano e, até meados de 2015, enviar o documento à Assembleia Legislativa (ALE) para avaliação e, posteriormente, aprovação para tornar-se lei.
 
O PEE contempla propostas da Educação Infantil até o Ensino Superior, perpassando pela educação profissional, diversidade, financiamento e outros aspectos da educação.
seta

Saúde em Maragogi é tema de audiência pública

09/09/2014 14:50

A secretária de Saúde Rosana Rios, participou na última quinta-feira (4), de audiência pública em Maragogi. Promovido pelo Ministério Público Estadual (MPE), também participaram do debate o promotor de Justiça Saulo Ventura, a analista do MPE, Marina Araújo, o Prefeito Henrique Madeira; além de representantes do Conselho Municipal de Saúde, da Câmara de Vereadores, dentre outras autoridades.
 
A audiência teve o objetivo de promover um diagnóstico do atendimento à saúde no município e de ouvir as propostas da prefeitura para o setor. Durante o debate, a secretária de saúde fez um balanço de como a atual administração tem feito investimentos na área. “Sabemos que ainda é preciso avançar muito na questão da Saúde de Maragogi, no entanto, houve uma melhoria nos serviços oferecidos à população com a recuperação de postos de saúde e aquisição de equipamentos para os profissionais da área”, destacou.
 
De acordo com o Prefeito Henrique Madeira, em pouco tempo o município contará com a entrega da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que vai melhorar o atendimento dos casos de urgência e emergência em Maragogi. Segundo ele, a obra que já está concluída, tem previsão de entrega para a segunda quinzena de novembro. “A UPA funcionará todos os dias da semana e poderá resolver grande parte das urgências e emergências. Quando o paciente chega às unidades, os médicos prestam socorro, controlam o problema e detalham o diagnóstico. Garanto que através da UPA, vamos reestruturar e reorganizar nosso atendimento” declarou o gestor.
 
Seguindo um planejamento estratégico do Ministério Público, as audiências públicas estão sendo realizadas em dez municípios que representam as regiões de saúde no Estado.
seta

Primeira Edição © 2011