seta

724 postagens no blog

Alunos participam de aulão preparatório para o Enem em Cajueiro

26/09/2013 15:06

O governo de Alagoas, por meio da Secretaria da Educação e do Esporte (SEE), realizou nesta quinta-feira, no município de Cajueiro, um ‘Aulão’ preparatório com trezentos alunos da rede que participarão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2013. Sob a coordenação da 4ª Coordenadoria Regional de Ensino (CRE), foram aplicadas aulas de Língua Portuguesa e Biologia.

Realizado no auditório do Projeto Portas Abertas, o ‘Aulão’ contou com a participação de alunos da rede estadual dos municípios de Viçosa, Cajueiro, Capela, Mar Vermelho, Chã Preta e Pindoba. Esta é a segunda etapa do ‘Aulão’ que a 4ª CRE realiza, numa parceria com a prefeitura de Cajueiro.

Para Rosineide Urtiga, diretora de Apoio Pedagógico das Escolas, por meio desses ‘Aulões’ os alunos vão reforçar a aprendizagem em sala de aula e dão oportunidade aos alunos que vão enfrentar o Enem deste ano. “A partir dessas aulas os alunos da rede vão ampliar ainda mais seus conhecimentos nas diversas disciplinas ofertadas”, assegura.

Rosineide destaca ainda que, com isso, os alunos vão superar as dificuldades de aprendizagem e terão um bom desempenho nos exames do Enem. “Devemos reconhecer o comprometimento e o apoio dos técnicos das Coordenadorias Regionais de Ensinos nas realizações desses Aulões, que se constituem em uma grande ação do governo, por meio da Secretaria da Educação e do Esporte”.

Conteúdo - Durante a aula de Língua Portuguesa, os alunos tiveram a oportunidade de revisar dicas na área de linguagem do contexto diário, linguagem coloquial, regras gramaticais, interpretação textual, escrita, bem como técnicas para desenvolver uma boa redação.

Em Biologia, o professor Rafael Fernando Silva transmitiu para os alunos temas recorrente da disciplina como proteínas, genética, doenças transmitidas por microorganismo, Doenças Sexualmente Transmissíveis, transporte de oxigênio para o sangue, entre outros.

Oportunidade - Para a coordenadora da 4ª CRE Luciene Lemos, o ‘Aulão’ é um oportunidade na vida dos estudantes da região, e a parceria entre a Secretaria da Educação, a Coordenadoria Regional de Ensino e a da prefeitura de Cajueiro seguramente vai contribuir para o bom desempenho dos alunos no Enem.

Luana Letícia, aluna do 3º ano da Escola Estadual Inaura Casado Costa, de Cajueiro, reconhece que o ‘Aulão’ só traz benefícios para os alunos, já que passa a ser um reforço a mais dos assuntos das disciplinas que são dadas em sala de aula. “É um momento muito importante para o aluno, principalmente pela revisão e dicas repassadas de questões que foram aplicadas no Enem do ano passado”.
 

seta

Encontro sobre políticas públicas reúne Téo, Renan e Aldo Rebelo em Paripueira

26/09/2013 13:58

O 2º Encontro Regional de Avaliação de Políticas Públicas – Alagoas, Realidade e Perspectivas – será realizado a partir das 9 horas desta sexta-feira (27), na Chácara Santo Amaro, em Paripueira, com as presenças de prefeitos e vereadores de todas as regiões do Estado, do governador Teotonio Vilela Filho, do senador Renan Calheiros, presidente do Senado, e do ministro Aldo Rebelo, dos Esportes, além de toda a bancada federal de Alagoas, empresários, movimentos sociais e lideranças comunitárias. O evento tem como finalidade discutir as demandas para alavancar o desenvolvimento da Região Norte do Estado.

Organizado pela Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), União dos Vereadores de Alagoas (Uveal) e outras entidades representativas dos segmentos político, social e produtivo, o encontro é apartidário. Toda a bancada federal, deputados estaduais, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, líderes sindicais e de federações, cooperativas e comunidades foram convidados e confirmaram presença no evento.

O Norte de Alagoas é uma região que se destaca por seu potencial turístico, pelas atividades de pesca, plantio de coco e agroindústria do açúcar e álcool. Suas principais demandas, sobretudo em obras de infraestrutura e segurança, serão debatidas durante o evento. A expectativa da AMA e da Uveal é que toda a bancada federal esteja presente, para se comprometer na busca de solução de cada problema da região.

O evento será realizado em uma ampla área na Chácara Santo Amaro. O prefeito da cidade, Abrahão Moura, espera contar com a presença de gestores de todos os municípios alagoanos, em especial da Região Norte, para que todas as necessidades infraestruturas de suas cidades façam parte do debate e da Carta de Paripueira, no final do evento, que será o documento final para o cumprimento das demandas levantadas junto à bancada federal.

O presidente do Senado, que está tendo uma semana de intensa movimentação na Casa com aprovação de matérias de grande importância e agendamento da pauta positiva para apreciação e votação de outros projetos, confirmou esta manhã a presença no encontro do ministro dos Esportes, o alagoano Aldo Rebelo. Sua expectativa é reunir a bancada federal e representantes de todos os setores sociais e produtivos do Estado.

Programação

9 horas – Abertura do evento
Execução de Alagoas e do Brasil
Formação da Mesa
Início dos debates
 

seta

Arapiraca Garden Shopping é inaugurado

25/09/2013 14:55

O sonho que parecia não virar realidade finalmente foi realizado! Gerando 3.500 empregos diretos e mais de 2.500 indiretos, o Arapiraca Garden Shopping foi inaugurado na manhã desta quarta-feira (25), no Agreste alagoano, com abertura oficial para o público às 14h

O empreendedor do shopping, Robson Rodas; o consultor do local, Adoniran Guerra; a representante da Tenco Shopping Centers, Adriana Gribel; e o superintendente do Arapiraca Garden, Leandro Lourenço, confirmaram que o centro comercial terá 220 lojas funcionando até o final de dezembro deste ano, onde vão mudar por completo o destino comercial e de entretenimento de toda região e do Baixo São Francisco.

Durante a inauguração várias autoridades marcaram presença, entre elas, representando o Governo do Estado, o Secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Luiz Otávio Gomes, afirmou que não é só o município de Arapiraca que se encontra de parabéns, Alagoas também faz parte, justamente porque o empreendimento com mais de R$ 100 milhões de reais em investimentos, com várias lojas, sendo seis âncoras, supermercado, cinemas e 12 clínicas, é de vital importância, mas deixou claro que o mais importante é a geração de 3.500 empregos de forma direta e mais de 2.500 indiretamente.

Luiz Otávio fez questão de salientar que ficou caracterizado o acerto do governo nestes últimos sete anos, onde deu condições para que os empreendedores, não só de Alagoas, mas também de todo o Brasil, pudessem investir no Estado e, destacou ainda que a inauguração do shopping exprime esta realidade.”Eu estava dizendo agora para o Robson Rodas, que este é um shopping de capital, sem deixar nada a dever em ralação aos grandes de todo o Brasil, então, Arapiraca e Alagoas estão de parabéns por absolver um empreendimento desta envergadura”, finalizou Luiz Otávio.

Márcio Ândrei Outro que destacou a importância do empreendimento foi Adoniran Guerra, ressaltando que a expectativa gerada dentro de vinte anos foi contemplada com um shopping de grande porte. “Tenho certeza que nós vamos agregar o varejo local, as cidades circunvizinhas, e fazer com que esta geração de 3.500 empregos venha a provocar tributos para o município e o Estado, constituindo em um marco da nossa história”, disse Adoniran Guerra.

Para Robson Rodas o Garden Shopping é um sonho mais que realizado, tanto para ele quanto para o ex-prefeito de Arapiraca, Luciano Barbosa, da atual prefeita da cidade Célia Rocha, do arapiraquense, agrestino e, todos que vão visitar o estabelecimento. Rodas não escondeu a felicidade por ter iniciado o projeto a mais de oito anos, salientando que ainda pode chegar a construir mais lojas e novidades para o público com a área de expansão, na parte baixa do shopping. “Arapiraca está de parabéns, o sonho virou uma realidade, digamos que ele seja o mais bonito de Alagoas, onde aqui todos notam um estabelecimento sem aparência de uma caixa, ele é uma vitrine repleta de arte e designer”, comentou Rodas.

Ciente que ainda falta concluir obras para deixar o Garden Shopping completo, Rodas assegurou que todas as lojas já estão comercializadas, desta forma as obras vão acontecer paulatinamente. “Em virtude da ampliação dos dois maiores shoppings de Maceió e a construção do Garden Arapiraca, lojistas comuns deram muitas prioridades aos de Maceió imaginando que o de Arapiraca não iria acontecer, agora não, eles vão ter de correr até dezembro, onde os cinemas vão ficar prontos e consequentemente todas as lojas”, ressaltou Rodas.

A prefeita da cidade também tocou na mesma tecla ao afirmar que o Garden Shopping é um sonho realizado, alegando que o município é o 7º que mais cresce no Nordeste, onde vários empresários virão a Arapiraca para ampliar ainda mais a estatística de crescimento. “Eu não digo, como dizem, que este é o segundo maior shopping do Estado, ele é o melhor de Alagoas, porque é o nosso, da nossa região, estou muito feliz com tudo isso e, quero agradecer também ao ex-prefeito Luciano Barbosa, porque foi com ele que tudo aconteceu para a realização deste sonho”, disse a prefeita.

Como não poderia ficar de fora, Luciano Barbosa foi claro ao afirmar que o Garden Shopping é uma realidade, um coroamento, presente que Arapiraca se dá pelo trabalho que a cidade tem feito ao longo de sua história, desta forma não tinha como não crescer acima da média do Nordeste, frisando também que grandes revistas apontam Arapiraca como um potencial de crescimento para os próximos vinte anos, da ordem de 12,5% ao ano, sendo fruto de um grande trabalho das pessoas que moram na terra, além de ser uma cidade estratégica equidistante de todo o Estado, com isso, o Garden será um ponto de convergência para que todos possam realizar grandes negócios além de outras atividades. “As pessoas vão para Maceió para fazer duas coisas, ou vai à praia ou ao shopping, aqui elas vêm ao shopping, eu só não pude trazer a praia”, completou Luciano Barbosa.

seta

Vereadores delmirenses debatem sobre demissões da Prefeitura

25/09/2013 13:20

A notícia das demissões de mais de 300 cargos comissionados pela Prefeitura de Delmiro Gouveia para se ajustar à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), anunciada nos últimos dias, foi o ponto central dos debates da sessão desta terça-feira (24) na Câmara de Vereadores. 

Na tribuna o vereador Pedro Paulo (PT) falou sobre a entrevista concedida pela vice-prefeita a uma rádio local onde abordou as demissões. O parlamentar questionou o fato de que na gestão do então prefeito em exercício Valdo Sandes (PMN), a folha foi paga durante cinco meses sem haver nenhuma demissão. “O que me causou estranheza é que o município, durante cinco meses, tinha condições de pagar os funcionários e agora não tem mais. O que está acontecendo?”, ressaltou Pedro.

O edil enfatizou que durante a entrevista a vice-prefeita afirmou que durante o tempo em que Valdo esteve à frente do Executivo o número de cargos comissionados teria aumentado, comprometendo o índice previsto pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Pedro Paulo solidarizou-se com os pais de família que ficarão desempregados.

Diante da colocação do colega, o presidente Valdo pediu a palavra e explicou que durante a sua gestão a Prefeitura voltou a administrar o Mercado Público, Matadouro e Rodoviária, que anteriormente era feito por empresa terceirizada, e que a administração teve que absorver estes trabalhadores. “Valdo explicou ainda que apesar da receita ter caído nos últimos meses, o índice da LRF ficará equilibrado, uma vez que a previsão é que a receita aumente nestes próximos meses do ano, o que equilibrará o percentual previsto pela Lei.

O vereador Edvaldo Nascimento (PCdoB) questionou sobre a atitude tomada pela administração municipal. “Preocupação com a Lei de Responsabilidade Fiscal só agora? Ano passado, que era uma no eleitoral, ninguém questionou isso. Eram 3.500 funcionários e hoje são 2.900 e agora vão falar em lei? É no mínimo estranho esta colocação da vice-prefeita”, falou.

O vereador Kinho (PP), que durante a sessão anunciou sua migração para a bancada da oposição, também questionou a atitude do prefeito. “Fico preocupado com os pais de famílias que ficarão sem seus empregos. Vimos o governo de Valdo Sandes que durante cinco meses tratou o povo como merecia e agora volta esta administração que não respeita o povo delmirense. Quero ser solidário com todos aqueles que estão sendo demitidos”, ressaltou.

A líder do governo Henriqueta Cardeal (DEM) defendeu a gestão, ressaltando que a Prefeitura deve adequar-se às leis e que os índices devem ser respeitados para que os gestores não respondam pelo ato. Assim como a colega, o vereador Carlos Roberto Cacau Correia (PTdoB), que também faz parte da bancada governista, falou que a Prefeitura deve cumprir o que está na Lei. Ele leu artigos da LRF e ressaltou a sua legalidade. “Sei que demissão deve ser a última coisa que um gestor deve fazer, mas ele tem que escolher e fazer esta opção porque ele tem que cumprir a lei”, disse Cacau. Após o debate, foram votadas as proposições do Executivo, da Mesa Diretora e dos vereadores Pedro Paulo e Edvaldo. A sessão foi encerrada e em seguida foi realizada Audiência Pública sobre Degradação Ambiental.

Audiência Pública – A Audiência Pública realizada nesta terça-feira (24) após a sessão ordinária teve como tema a Degradação Ambiental no âmbito do território de Delmiro Gouveia. O debate foi proposto pelo vereador Pedro Paulo e teve como palestrante o estudante do curso de Geografia da UFAL Felipe Ferreira.

Felipe demonstrou a situação ambiental do município, explanando as áreas degradas e os fatores contribuintes para a poluição, como a fumaça e dejetos eliminados pela Fábrica da Pedra, além dos esgotos que são despejados no açude e no rio. Os funcionários da Fábrica, Diógenes e Paulo, também expuseram alguns pontos relativos à degradação ambiental causada pela empresa. Finalizando as explanações, a estudante da UFAL, Isabele, falou sobre um projeto que está sendo realizado junto aos catadores do lixão.

O debate foi encerrado com os agradecimentos de Pedro Paulo, lamentando a ausência do representante da Prefeitura, para que pudesse expor as ações que estão sendo realizadas para minimizar os impactos no meio ambiente. Os vereadores Edvaldo e Valdo enfatizaram que o tema deve ser abordado em outros debates, uma vez que é de extrema importância e é bastante vasto. “Este é um tema que tem muita coisa a ser debatido. Sugiro que esta discussão sobre o meio ambiente seja realizada outras vezes, inclusive com o representante da Prefeitura”, disse Valdo.
 

seta

SOEAL consegue retorno de algumas vantagens dos cirugiões-dentistas de Paulo Jacinto

25/09/2013 13:04

Após ir quatro vezes ao município de Paulo Jacinto e inclusive acionando o Ministério Público Estadual, (MPE), por meio da promotora de justiça Marluce Falcão, a diretoria do Sindicato dos Odontologistas no Estado de Alagoas, (SOEAL), informa que o prefeito e o secretário de saúde voltaram a pagar algumas vantagens que haviam sido cortadas dos cirugiões-dentistas locais.

As vantagens retomadas foram as seguintes: auxílio transporte e a alimentação, sendo que isto representa o início das reivindicações dos profissionais, os quais continuam tendo os piores salários do estado.

A luta continua!

Diretoria do SOEAL recebe solicitações diárias dos cirugiões-dentistas do município de Maceió
O prefeito de Maceió Rui Palmeira, até o presente momento não implantou a tabela do Plano de Cargos e Carreira, (PCC´s), dos cirugiões-dentistas do município de Maceió, a qual foi publicada no Diário Oficial no dia 11 de dezembro de 2012.

O curioso é que todas as autoridades envolvidas no fato se dizem favoráveis à implantação da tabela- entretanto até o momento não deram nenhum passo para objetivar os novos valores.
Para o presidente do Sindicato dos Odontologistas no Estado de Alagoas, (SOEAL), Airton Mota Mendonça, a entidade continua junto à comissão tentando conseguir esta importante conquista.

Além disso, também solicita aos cerca de 200 cirugiões-dentistas da prefeitura de Maceió, que se organizem porque não poderemos ficar de braços cruzados esperando a boa vontade dos gestores.

seta

Primeira Edição © 2011