seta

271 postagens no blog

A vergonha do preço da gasolina vai acabar

17/07/2017 16:44

                O governador Renan Filho tomou para si o acabar com essa vergonha que é o preço da gasolina no estado de Alagoas apontado como um dos maiores do país. E a troco de que? De um cartel que manipula o produto e os preços. que foge de suas responsabilidades sociais e coloca toda a sua gana de lucro em cima da população que, como se sabe, não é das mais ricas do Brasil.  Renan Filho puxou o problema, já verificou que existe algo errado, e muito errado, chamou João Neto, o homem do Procon e du ordem para que uma força-tarefa seja instalada o mais rápido possível com o propósito de visitar postos de combustíveis, de verificar planilhas de custos e buscar a viabilidade de um preço médio que não afronte a sociedade. Parabéns, governador! É dessas ações que o povo precisa e o seu resultado, não tenho dúvida nos colocará a todos em um denominador comum responsável.

seta

O Ministro da Fazenda é movido a gasolina.

22/07/2017 08:55

                                           O recente aumento dos combustíveis, mais especialmente o da gasolina foi uma pancada na cara do consumidor, de um modo geral, além de ter sido muito especial no nosso governador Renan Filho que, dias antes havia iniciado uma guerra contra os abusivos preços praticados em Alagoas. Contra a cartelização, dando ordens ao Procon para que fiscalizasse tudo e garantindo ao povo que o preço médio da gasolina seria de R3,20. Aí me sai o senhor Meirelles com essa gracinha aumentando o valor dos impostos sobre combustíveis e ainda estabelecendo que o preço nas bombas poderia chegar a 40 centavos em cada litro. Ora, meus amigos, que desagradável para o governador que deve ter perdido o chão, mas que ainda assim, tenho certeza, não vai parar a luta para provar que os preços nos postos estão superfaturados e poderão, portanto, ser investigados como atentado à economia. Acho até que ele não vai parar, que o cronograma de ações visando o conhecimento aprofundado das planilhas é um direito do governo estadual e, portanto, esperemos que o trator do ministro encontre obstáculos nas Alagoas. E nem vamos nos estender nas consequências da ação de Meirelles que, sem dúvida, vai provocar uma esteira de aumentos em muitos produtos consumidos no país.   

seta

Alvoroço nos combustíveis: cai o aumento.

25/07/2017 15:57

"O juiz substituto Renato Borelli, da 20ª Vara Federal de Brasília, determinou nesta terça-feira (25) a suspensão imediata do decreto publicado na semana passada pelo governo e que elevou a alíquota de PIS/Cofins que incide sobre a gasolina, o diesel e o etanol. Procurada, a Advocacia-Geral da União (AGU) informou que vai recorrer da decisão assim que for notificada."

Desde sempre que dizíamos que a medida era inconstitucional e que só seria válida através de Lei e não de decreto. E tem mais: Lei aprovada só é levada em conta para os seus fins após noventa dias da sua publicação.

Apesar, no entanto de valer para todo o país, trata-se de uma liminar que ainda tem que ser avaliada por um colegiado. Mas, com a grita popular e a inconstitucionalidade tenho certeza de que a barbaridade praticada haverá de cair pra valer.

seta

Onde está a "caveira de burro"?

26/07/2017 11:07

                   Dizem os mais chegados que a grande operação que vem por aí, mas que não tem nada a ver com a Lava Jato ou outra dessas investigações contra a corrupção, será a "Operação Caveira de Burro". Sob o comando do presidente Temer visa descobrir onde está a famosa azarada que vem atuando muito no seu governo, tanto no executivo quanto no legislativo.

                  Desde Dilma até agora, as coisas vem piorando incrivelmente para os ocupantes dos palácios presidenciais e, de tal forma, que o Temer saiu do Jaburú, foi para o Alvorada, sai de lá e voltou pro Jaburú, mas de nada adiantou. Pior é que ele não pode deixar o Planalto, a não ser que seja de vez.

                 Aí ficam todos se perguntando entre si, por onde anda essa caveira. Estará com o Cunha? Com o Aécio? Ou estará no Rio Grande do Sul com a ex-ocupante de Brasília?

                O fato, logicamente sjupersticioso é que os mais chegados dizem que, de umbanda a candomblé, de exorcista a bênçãos de padre, tudo tem sido tentado para achar, destruir e acabar com a maldição da "caveira de burro".

               E por onde andará a danadinha?

               Huumm! Será que está com Donald Trump nos jardins da Casa Branca?

seta

Onde há fumaça há fogo

09/08/2017 07:57

                                      A fumaça já apareceu, bem cinzenta, bem mostrada para todo o Brasil ver que este governo adora aumentar impostos para tapar o buraco feito por ele próprio. Assim foi com o imposto sobre combustíveis que está colocando os carros nas garagens e assim será com o Imposto de Renda, doidos que estão para pegar os contribuintes assalariados, aqueles que menos ganham e que, proporcionalmente mais pagam. Vamos e venhamos que uma alíquota de 35% não é nada adequada aos padrões brasileiros, a não ser que esta e até maior fosse aplicada às grandes fortunas que até hoje não receberam a concretização de ameaças de vários governos. O fato é que, ainda que o país precise de reformas o aumento de impostos não é o que deve ser feito, até sob  o aspecto psicológico de uma crise econômica como a que vivemos. Diminuir sensivel e abruptamente os gastos do governo, isto sim, um dos caminhos mais prováveis para acontecer o êxito, ao mesmo tempo em que o reforço ao combate à corrupção venha cada vez maior. Mas mexer no bolso do assalariado exatamente agora? É querer realmente que fumaça vire um fogueirão.

seta

Primeira Edição © 2011