seta

360 postagens no blog

Novembro Azul mês de conscientização do Câncer de Próstata

12/11/2018 18:27

 

 

 
 
 


Neste #NovembroAzul, doutor Adriano Fregonesi, urologista do Hospital Santa Elisa, afirma que as campanhas para detecção precoce do câncer de próstata são necessárias para que haja o diagnóstico deste tipo de câncer ainda na fase inicial da doença.

O câncer de próstata é o câncer mais comum entre os homens (após o câncer de pele), mas na maioria das vezes, pode ser tratado com sucesso. Se você tem câncer de próstata ou conhece alguém que tem, saber o que esperar pode ajudar a lidar com a situação.

Neste post você pode descobrir tudo sobre o câncer de próstata, incluindo fatores de risco, sintomas e tratamento.
 
O que é a próstata?

Só os homens têm próstata. A próstata geralmente é do tamanho e da forma de uma noz e cresce à medida que a pessoa envelhece. Fica embaixo da bexiga e envolve a uretra.

Sua principal função é ajudar a produzir sêmen - o fluido que transporta espermatozoides. E, os problemas mais comuns da próstata são: o aumento da próstata, prostatite e o câncer de próstata.
 
O que é câncer de próstata?

O câncer de próstata pode se desenvolver quando as células da próstata começam a crescer de forma descontrolada.

Geralmente, cresce lentamente e pode não causar problemas. Mas alguns homens têm câncer de próstata com maior probabilidade de se espalhar e precisa de tratamento para impedir esse crescimento para fora da próstata.
 
Sinais e Sintomas

O câncer de próstata que está contido dentro da próstata (chamado de câncer de próstata localizado ou câncer de próstata precoce) geralmente não causa nenhum sintoma. É por isso que é importante saber sobre o seu risco.

Mas alguns homens podem ter alguns problemas urinários. Estes podem ser leves e acontecem ao longo de muitos anos e podem ser um sinal de um problema benigno de próstata.

A maioria dos homens com câncer de próstata precoce não apresenta sinais ou sintomas. Mas existem alguns fatores que podem indicar que você tem mais chances de ter câncer de próstata, como por exemplo:

  • Se você tiver 50 anos ou mais;
  • Se alguém na família teve câncer de próstata como o seu pai, avô ou irmão.
Você normalmente só terá sintomas se o câncer crescer perto do tubo da urina (através da uretra) e pressioná-lo, mudando o modo como você urina. Mas como o câncer de próstata geralmente começa a crescer em uma parte diferente da próstata, o câncer precoce geralmente não pressiona a uretra e causa sintomas.

“Se você notar mudanças na maneira como urina, é mais provável que seja um sinal de um problema não-canceroso muito comum chamado aumento da próstata, ou outro problema de saúde. Mas ainda a melhor conduta é procurar seu médico e fazer os exames de rotina” afirma dr. Adriano Fregonesi.

Possíveis alterações incluem:
  • Dificuldade em começar a urinar ou a esvaziar a bexiga;
  • Um fluxo fraco quando você urina;
  • Uma sensação de que sua bexiga não se esvaziou adequadamente;
  • Precisar urinar com mais frequência, especialmente à noite;
  • Um desejo súbito de urinar - às vezes você pode vazar antes de ir ao banheiro.
Se o câncer de próstata irrompe da próstata (câncer de próstata localmente avançado) ou se dissemina para outras partes do corpo (câncer de próstata avançado), pode causar outros sintomas, incluindo:
  • Dor nas costas, dor no quadril ou dor na pelve;
  • Problemas para obter ou manter uma ereção;
  • Sangue na urina ou sêmen;
  • Perda de peso aparentemente sem explicação.

Esses sintomas também podem ser causados ​​por outras coisas, como prostatite (infecção e inchaço da próstata), diabetes ou alguns medicamentos.
 
E se eu não tiver nenhum sintoma?

Você pode falar com seu médico se tiver mais de 50 anos, tiver histórico familiar de câncer de próstata - mesmo que não tenha nenhum sintoma. Estes são os fatores mais comuns que podem aumentar o risco de câncer de próstata.

Esta simples informação confirma que não tem hora certa para ir ao urologista. Pasme, vencer o preconceito é uma das principais barreiras. O exame da próstata regular é muito importante. Não espere ter dores e doenças mais graves para ir ao urologista.

A recomendação da Sociedade Brasileira de Urologia-SBU, é de que o exame periódico seja realizado mesmo na ausência de sintomas.

Incidência

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma).
Em valores absolutos e considerando ambos os sexos é o quarto tipo mais comum e o segundo mais incidente entre os homens. A taxa de incidência é maior nos países desenvolvidos em comparação aos países em desenvolvimento.

Mais do que qualquer outro tipo, é considerado um câncer da terceira idade, já que cerca de 3/4 dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos. O aumento observado nas taxas de incidência no Brasil pode ser parcialmente justificado pela evolução dos métodos diagnósticos (exames), pela melhoria na qualidade dos sistemas de informação do país e pelo aumento na expectativa de vida.

Estima-se que em 2018 68.220 novos casos sejam diagnosticados (INCA).
 
Tratamento

Se você foi diagnosticado com câncer de próstata, sua equipe médica discutirá as opções de tratamento com você. É importante pesar os benefícios de cada opção de tratamento contra os possíveis riscos e efeitos colaterais.

Para a maioria dos homens diagnosticados com câncer de próstata, o câncer é encontrado enquanto ainda está em um estágio inicial - é pequeno e não se espalhou além da próstata. Esses homens geralmente têm várias opções de tratamento a considerar.

Nem todo homem com câncer de próstata precisa ser tratado imediatamente. Se você tem câncer de próstata em estágio inicial, há muitos fatores, como sua idade e estado geral de saúde, e a probabilidade de o câncer causar problemas para você considerar antes de decidir o que fazer. Você também deve pensar sobre os possíveis efeitos colaterais do tratamento e a probabilidade de incomodá-lo. Alguns homens, por exemplo, podem querer evitar possíveis efeitos colaterais, como incontinência ou problemas de ereção pelo maior tempo possível. Outros homens estão menos preocupados com os efeitos colaterais e mais preocupados em remover ou destruir o câncer.

A escolha entre as opções deve ser amplamente discutida com o médico responsável pelo o tratamento do tumor localizado e pode ser feito com cirurgia ou radioterapia.

 

Fonte: Dr. Adriano Fregonesi, urologista do Hospital Santa Elisa - Jundiaí

seta

Você sabe como um analgésico funciona no organismo?

09/11/2018 12:07

A dor pode ser um aviso do nosso corpo de que alguma coisa não está funcionando bem, ou uma reação quando temos uma lesão.  Embora a dor possa nos proteger, forçando-nos a descansar ou parar de fazer algo, a experiência de sentir dor é desconfortável e pode ter um efeito negativo na qualidade de vida. A dor pode aumentar o estresse, interromper o sono e causar ansiedade, por isso os objetivos do tratamento são a redução da dor e melhora da função da área afetada. Dessa forma, é preciso ser criterioso para escolher a melhor solução para acabar rapidamente com a dor, seja ela de cabeça, nas costas, muscular ou cólica menstrual.

Quando uma região está dolorida, um alerta percorre o sistema nervoso até chegar ao cérebro, que responde com a sensação de dor. Assim, sabemos que algo errado aconteceu. É importante, porém, perceber a intensidade do incômodo (leve, moderado ou intenso) e ficar atento ao tempo de duração, que determina se a dor é aguda ou crônica. A dor aguda começa de repente e geralmente não dura muito tempo.

“Se a dor for intensa ou persistir por mais tempo, é importante procurar um médico para pesquisar as causas. Já as dores agudas podem ser tratadas com analgésico que aja rapidamente no foco da dor, com bom perfil de segurança e que seja suave para o estômago[1],[2],[3]”, explica o gerente médico da Pfizer Consumer Healthcare, Andres Zapata.

Em ação

Entenda o que acontece quando você utiliza Advil para combater dores na cabeça, nas costas, musculares e cólicas menstruais.

- Passo 1: ao chegar ao estômago, a cápsula líquida se desintegra, liberando o princípio ativo do medicamento (ibuprofeno). O analgésico é absorvido rapidamente a partir de 10 minutos.

Já outros analgésicos, em formato de comprimidos convencionais, precisam de mais tempo para ser dissolvidos, com o início da ação analgésica um pouco mais demorado.

Passo 2: o princípio ativo é, então,  direcionado para os lugares onde a dor está sendo gerada, dessa forma, atua exatamente no local do incômodo.

Passo 3: a ação do ibuprofeno, princípio ativo de Advil, bloqueia o envio de “alertas” ao cérebro e a resposta com a sensação de dor. Assim, o incômodo é cessado por um período prolongado, de até 8 horas,transformando a dor em uma memória distante.

Analgésicos são uma solução importante para aliviar rapidamente a dor. “É normal que um consumidor procure um analgésico rápido, eficaz, que age diretamente no local da dor, duradouro e seguro sendo suave com o estômago. Além disso, é essencial ler sempre a bula e respeitar as doses máximas diárias e o tempo do tratamento”, finaliza Zapata.

 

Sobre Advil

Analgésico mais vendido do mundo[4], Advil é indicado para o alívio rápido das dores, como de cabeça, nas costas e musculares. Há dez anos no mercado brasileiro, o produto se diferencia nesse segmento pela avançada tecnologia da sua cápsula líquida, que proporciona um alívio rápido e é suave para o estômago.

Pfizer

A Pfizer Consumer Healthcare, divisão de consumo do grupo Pfizer, atua em mais de 90 países e comercializa produtos isentos de prescrição médica que promovem saúde e bem-estar para mais de 4 bilhões de consumidores em todo o mundo. No Brasil, a empresa atua nas categorias de analgésicos, antiácidos e multivitamínicos, representados pelas marcas Advil, Centrum, Caltrate, Clusivol, Magnésia Bisurada e Stresstabs. Hoje, o crescimento da PCH é impulsionado por três marcas globais: Centrum, o multivitamínico número 1 do mundo; Advil, o analgésico mais vendido globalmente, e Caltrate, a marca número 1 no mundo entre os suplementos de cálcio. Fundada em 1849 e instalada no Brasil desde 1952, a Pfizer está comprometida em fazer o melhor para colaborar para a qualidade de vida das pessoas em todas as etapas da vida, oferecendo opções terapêuticas para prevenção e tratamento de uma variedade de doenças. A companhia também mantém e acompanha projetos sociais voltados para educação, saúde e sustentabilidade no país.

seta

Novembro Diabetes Azul – Nordeste recebe ações de conscientização sobre a doença

31/10/2018 15:12

O azul de novembro também lembra a necessidade de conscientizar a população sobre o diabetes, doença que acomete mais de 778 mil pessoas na região Nordeste do Brasil, de acordo com último boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde (2013). A campanha mundial organizada pela International Diabetes Federation (IDF) tem como mote para este ano “Família e Diabetes”, a fim de evidenciar o papel do núcleo familiar para prevenção e controle da doença.
 
No país, a ação é promovida pela Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), instituição responsável pela reinserção do Novembro Diabetes Azul no Calendário de Eventos do Ministério da Saúde. “Foi um avanço importante da Advocacy da Sociedade com a ADJ Brasil e a FENAD, além de mais um grande passo para a integração com o staff técnico-político do Ministério da Saúde”, comenta Hermelinda Pedrosa, médica endocrinologista e presidente da SBD.

No Ceará, a regional da SBD prepara atividades como Pedal Azul, Mutirão de “Olho no Olho”, Fórum Multidisciplinar e Sessão Clínica da Sociedade Brasileira de Diabetes com a de Endocrinologia e Metabologia (SBEM). Já a regional pernambucana promove a divulgação de material educativo em serviços de saúde e campanha de detecção e orientação no Shopping RioMar.  Rio Grande no Norte receberá palestras, caminhadas e ações em shopping. Em Sergipe, a estadual organiza campanhas na capital e no interior.

*A SBD também está em ações conjuntas com as regionais da SBEM na Paraíba, onde haverá palestras e eventos em praças públicas e shoppings. No Piauí, ocorrerão: Mutirão Nacional da Saúde, palestas de advocacy, iluminação na ponte Estaiada, palestras e aferições de glicemia no SESC, aula no auditório do CRM sobre contagem de carboidratos, caminhada, piquenique azul, e campanhas nos ambulatórios de diabetes dos Hospitais Universitário, Getúlio Vargas e Lineu Araújo*.

Veja a agenda completa das atividades no Novembro Diabetes Azul clicando aqui.

SAVE THE DATE – 1º de Novembro 

O lançamento da campanha está agendado para 1º de novembro, durante uma Sessão Solene na Câmara de Deputados, presidida pela deputada Carmen Zanotto, que coordena a Frente Parlamentar Mista pela Causa do Diabetes.

Estimativa da IDF aponta que, em todo o globo, 425 milhões de pessoas convivem com o diabetes, das quais mais de um milhão são crianças e adolescentes com o tipo 1. No Brasil, o número aproxima-se dos 13 milhões. Regionalmente, os dados brasileiros serão atualizados também em 1º de novembro, quando o Ministério da Saúde divulgará o boletim epidemiológico.

Apoio familiar impacta diretamente o manejo do diabetes

De acordo com a especialista, o tema da campanha chama atenção para influências comportamentais e clínicas da família, que representa o grupo primário de relacionamentos e é capaz de impactar a saúde de seus integrantes. “O diabetes é uma doença crônica e exige mudanças efetivas nos hábitos cotidianos do paciente e da família, inclusive na relação com alimentos e exercícios físicos. É um processo educacional contínuo”, afirma.

Tal questão é ainda mais presente quando o diabetes acomete crianças e adolescentes. Isso porque as atitudes familiares repercutem na aceitação ou não dos mecanismos de enfrentamento da doença. Assim, Pedrosa destaca que todo o núcleo familiar deve estar envolvido, já que no diabetes tipo 1 é dos pais a responsabilidade dos cuidados.

“O manejo da doença é complexo e demanda integração com todas as atividades diárias. O ambiente no qual a pessoa está inserida tem papel fundamental na forma como ela lida com o diabetes, e isso impacta o sucesso ou a falha do tratamento”, avalia a presidente da SBD.

Cuidado específico para cada tipo de diabetes

O diagnóstico do diabetes tipo 1 acontece geralmente na infância e adolescência, o que aumenta a responsabilidade familiar. Aqui, englobam-se alimentação saudável, controle da glicemia, condução da insulinoterapia, identificação e ação perante episódios de hipoglicemia. “A atenção especial da família ao processo de transição, conforme a criança cresce e chega à adolescência, é fundamental para que a conscientização e o autocuidado se ampliem naturalmente”, reforça Pedrosa.

Já o diabetes tipo 2 surge, em geral, na fase adulta e está ligado à resistência à ação e diminuição da produção de insulina no pâncreas, ação deficiente de hormônios intestinais, dentre outros. A obesidade, dislipidemia (elevação do colesterol e triglicerídeos), hipertensão arterial, histórico familiar da doença ou de diabetes gestacional, e o processo de envelhecimento são os principais fatores de risco. O tratamento demanda mudanças no estilo de vida – ao receber o diagnóstico do diabetes, as adaptações da rotina devem ser intensificadas, sobretudo na eliminação de alimentos inadequados e do sedentarismo.  Principalmente nesse caso, a família também pode ter impacto tanto positivo quando negativo na qualidade de vida.

“O envolvimento proativo da família aumenta o comprometimento de quem recebeu o diagnóstico, seja criança, adolescente, adulto ou uma pessoa idosa, e motiva um seguimento com mais chance de êxito resultando em melhor controle, mais qualidade de vida e menor frequência de complicações. Além disso, favorece o engajamento a associações de pessoas com diabetes, para buscar melhorias para o tratamento nas esferas governamentais e, claro, em campanhas de alerta para prevenção”, afirma a presidente da SBD.

Sobre a SBD
Filiada à International Diabetes Federation (IDF), a Sociedade Brasileira de Diabetes é uma associação civil sem fins lucrativos, fundada em dezembro de 1970, que trabalha para disseminar conhecimento técnico-científico sobre prevenção e tratamento adequado do diabetes, conscientizando a população a respeito da doença e melhorando a qualidade de vida dos pacientes. Também colabora com o Estado na formulação e execução de políticas públicas voltadas à atenção correta dos pacientes, visando a redução significativa da doença no Brasil.
Conheça nosso trabalho: www.diabetes.org.br
 

seta

Bolsonaro é um perigo real

24/10/2018 09:38

A eleição de Jair Bolsonaro para a presidência do Brasil representaria um perigo real para o país, avalia D. André de Witte. O bispo de Ruy Barbosa, no Estado da Bahialamenta o excesso de prudência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB “que conheceu períodos mais proféticos que hoje”.

A reportagem é de Jacques Berst, publicada ´por  cath. ch, agência católica da Suíça, 19-10-2018. .

D. André de Wittebispo belga que vive no Brasil desde 1976, falou de seus temores no dia 18 de outubro de 2018em Genebra.

Ele testemunhou na ONU a realidade brasileira a convite da“Franciscans International”, uma ONG que tem o estatuto de consultora junto à ONU. Ela faz um trabalho de ‘advocacy’ em favor dos direitos humanos, pela promoção da justiça, da paz e da proteção da criação. D. de Witte foi ameaçado de morte, nas redes sociais, por partidários de Bolsonaro.

“A parte podre da Igreja católica”

Mas ele não é o único alvo: até a muito prudente CNBB foi chamada, juntamente com o Conselho Indigenista Missionário – CIMI, pelo  favorito da eleição presidencial, de “ser a parte podre da Igreja católica”.

Há vários dias, circula nas redes sociais um vídeo onde o ‘caudilho’ do Partido Social Liberal insulta a Conferência Episcopal Brasileira com linguagem vulgar, como é seu costume.

Nostálgico da ditadura que ensanguentou o Brasil de 1964 a 1985, com seu cortejo de militantes e de simples civis torturados, assassinados ou exilados, Bolsonaro demonstrou, no curso da sua longa carreira política, sua hostilidade aberta contra a Igreja católica.

antigo militar visa, sobretudo os setores mais comprometidos com as causas sociais e os direitos dos mais pobres. Ele não hesitou, certa vez, de na tribuna do Congresso Nacional, dizer que o cardeal Paulo Evaristo Arns, um dos grandes opositores da ditadura militar, era um homem “sem honestidade” e um “aproveitador”.

O papa Francisco também foi tratado de “comunista”

Há muito tempo que “o populista Bolsonaro nos insulta, lamenta D. André de Witte, pois ele não suporta nosso compromisso social, nossa vontade de participar na construção de uma sociedade justa e solidária... Nós somos qualificados de ‘comunistas’ quando nós perguntamos porque há tanta pobreza, quando nós buscamos as causas. O papa Francisco sofreu os mesmos ataques... É o caminho do Cristo!”

                                                                                                                              2

Frente aos ataques, D. André de Witte lamenta, com palavras cuidadosas, o excesso de prudência da CNBB: “numerosos são os bispos que têm medo de falar francamente. Falta uma mensagem imediata e clara. O povo se ressente desta falta”.

Para o bispo de Ruy Barbosa, não se trata de atacar uma pessoa, mas de analisar seu projeto político, pois o que está em jogo é, de qualquer maneira, a alternativa entre um “projeto de vida” e um “projeto de morte”. “Bolsonaro tem um discurso racista, prega a discriminação contra as populações negras, contra as mulheres, quer suprimir a demarcação das terras indígenas na Amazônia”, afirma o presidente da CPT, pois os povos autóctones são considerados como um obstáculo para o desenvolvimento.

“Bandido bom é bandido morto...”

“Sua atitude é perigosa: ele prega a violência armada, afirmando que bandido bom é bandido morto... Ele quer mais repressão e até recompensar os policiais que saem atirando nos delinquentes. Ele quer mais prisões e menos recursos para a educação. Ele quer reforçar a segurança sem analisar os problemas sociais que são, em grande parte, a raiz da ‘insegurança”, detalha D. André de Witte.

O candidato à presidência se deixa fotografar, ao lado de crianças, com armas de fogo: “mostrando para as crianças a maneira de manejar um fuzil... Ele incita à violência contra o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra – MST, apoiando os grandes proprietários de terra. É um programa perigoso para a sociedade”.

Apoiado por evangélicos conservadores, entre os quais o ‘bispo’ Edir Macedo, líder da multinacional “Igreja Universal do Reino de Deus” – IURD e proprietário do Grupo Record e da Rede Record, a segunda maior do Brasil, Bolsonaro se beneficia do poderoso instrumento de propaganda. Ele manipula setores da Igreja católica se dizendo a favor da vida, contra o aborto e partidário da família tradicional contra o casamento de gays.

“Mas não é mais que um discurso”, diz D. André de Witte, lamentando que a campanha eleitoral não contribuiu para a reflexão. Trata-se, antes de tudo, de uma atitude antissistema: “não se quer mais o Partido dos Trabalhadores, o PT, que é acusado de todos os males, principalmente de fazer propaganda nas escolas em favor da homossexualidade. Os partidários de Bolsonaro difundem nas redes sociais uma multidão de ‘fake news’, de informações falsas, como, por exemplo, a distribuição de um kit gay nas escolas. Este kit nunca existiu!”

bispo de Ruy Barbosa lamenta que os grandes meios de comunicação, como a Rede Globo, não fazem corretamente o seu trabalho. “Não temos meios de comunicação que informem corretamente, que analisem, que coloquem os temas em perspectiva, formem as consciências, alertando para o risco dos perigos que estão por vir. Talvez não seja algo voluntário, mas uma omissão que, no entanto, pode se tornar uma cumplicidade. Ainda espero, antes que seja tarde, que toda a sociedade acorde face ao grande perigo que se anuncia!”.

 

seta

TSE: Se ele é culpado, cumpra o seu dever

22/10/2018 19:03

assine agora


O TSE está investigando relatos confiáveis de que aliados de Bolsonaro gastaram quantias ilegais gigantescas promovendo sua campanha. Se isso for provado, é crime eleitoral. Vamos exigir que, se for culpado, ele seja acusado de tais crimes e desqualificado da eleição. Assine a petição agora:  
ASSINE AGORA
O TSE está investigando relatos confiáveis de que aliados de Bolsonaro gastaram quantias ilegais gigantescas promovendo sua campanha - criando até 300 mil grupos de WhatsApp e alcançando até 75 milhões de brasileiros e brasileiras!

Mas e se o próprio Bolsonaro for culpado, o que eles farão? Eles ficarão tentados a deixar passar, mas é uma questão de democracia, justiça e Estado de direito não permitimos que líderes tomem o poder ilegalmente.

Nós lutamos muito e por muito tempo contra a corrupção para aceitar uma eleição fraudulenta. Pior ainda, existem muitas evidências de que milhões de reais foram gastos para espalhar um tsunami de fake news e mentirassobre o Haddad -- mais um ataque profundo e ilegal à nossa democracia. 

Podemos discordar sobre quem será o melhor presidente para o país, mas certas coisas vêm acima da política. Precisamos insistir que NINGUÉM está acima da lei. Se tem uma mensagem que une todos os brasileiros e brasileiras é: FORA CORRUPÇÃO! Vamos exigir que se o TSE considerar Bolsonaro responsável por essa fraude gigantesca, ele seja acusado de tais crimes e desqualificado da eleição: 

TSE: investigue Bolsonaro já! 

A nossa comunidade representa pessoas de diferentes opiniões políticas, e a Avaaz nunca apoiou ou se opôs à eleição de nenhum político no Brasil. Nosso movimento foi crucial no processo da Ficha Limpa e para acabar com votos secretos no Congresso. Isso não é sobre política, é sobre corrupção.

Facebook, YouTube e principalmente o WhatsApp são as ferramentas preferidas de forças corruptas para tirar o poder do povo e se beneficiarem com isso. Mas essa nova tática tecnológica é mais nociva que as velhas estratégias -- os políticos mais corruptos estão realizando uma verdadeira lavagem cerebral em milhões de pessoas, enchendo suas mentes e corações com ódio e mentiras para que virem seus apoiadores!

Ainda bem que isso ainda é ilegal no Brasil. Existem acusações de que o PT cometeu fraude eleitoral -- como o vídeo da urna eletrônica programada para votar no Haddad -- mas já foi comprovado que os vídeos são falsos, verificado pelo próprio TSE e analistas independentes. Esse é só mais um exemplo do tsunami de fake news ilegais e das mentiras com que fomos bombardeados. Se o TSE descobrir que Bolsonaro esteve envolvido nesses crimes, eles devem proteger nossa democracia e responsabilizá-lo: 

TSE: investigue Bolsonaro já! 
Nosso país está numa jornada. Temos combatido a corrupção como nunca, mas a reação dos políticos mais corruptos entre nós foi de tirar vantagem desse momento para chegar ao poder. Essa é a hora. Deixaremos que a corrupção decida quem serão nossos governantes ou lutaremos de uma vez por todas, como nunca antes, por justiça e verdade? Cabe a nós lutar por isso. Vamos escolher lutar pelos nossos filhos e seu futuro. 

Com esperança e determinação, 

O time da Avaaz. 

PS -- O time anticorrupção da Avaaz está fiscalizando as fake news online e acompanhando o esforço de fact checkers independentes como o Comprova, uma coalizão das 24 maiores empresas de notícias de todos os espectros políticos. Uma porcentagem alta das fake news descobertas são atacando o candidato Haddad. Existem muitas razões verdadeiras para criticar o PT, mas não podemos deixar que mentiras nos manipulem. Aqui vão alguns exemplos dessas mentiras (por favor compartilhe para ajudar outros cidadãos a combater as fake news):
  • Haddad distribuiu mamadeiras em formato de pênis nas escolas
  • Urnas eletrônicas automaticamente votam em Haddad
  • Áudio de Haddad e Manuela conspirando contra o Bolsonaro e o exército
  • Ficha Limpa proíbe Haddad de concorrer
  • Haddad apoia pedofilia e incesto em livro

Mais informações:

Empresários bancam campanha contra o PT pelo WhatsApp (Folha de S. Paulo)
https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/10/empresarios-bancam-campanha-contra-o-pt-pelo-whatsapp.shtml

TSE abre ação de investigação da campanha de Bolsonaro mas nega busca e apreensão em empresas (G1)
https://g1.globo.com/politica/eleicoes/2018/noticia/2018/10/19/tse-abre-acao-de-investigacao-da-campanha-de-bolsonaro-mas-nega-busca-e-apreensao-em-empresas.ghtml

WhatsApp notifica agências que disparam mensagens anti-PT (Folha de S. Paulo)
https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/10/whatsapp-notifica-agencias-que-disparam-mensagens-anti-pt.shtml
seta

Primeira Edição © 2011