seta

326 postagens no blog

Chegou inverno, cuide do seu sistema imunológico

02/07/2015 16:15

A época mais fria do ano se aproxima. Neste período, a tendência é se proteger do frio em ambientes fechados, o que contribui diretamente para a propagação de vírus e bactérias. Caso o sistema imunológico esteja com alguma deficiência, as portas de entrada para as doenças típicas da estação ficam ainda mais abertas.

 

Segundo a coordenadora de nutrição da rede Mundo Verde, Flávia Morais, as baixas temperaturas estressam o sistema imunológico. “Para que isso não aconteça, uma dieta balanceada e a inclusão de alguns suplementos na rotina alimentar podem ajudar a fortalecer a imunidade, evitar gripes e resfriados e também diminuir a compulsão por comida, mais comum nessa época do ano”, comenta.

 

Outro item fundamental para o alívio dos sintomas de gripes, por exemplo, é a hidratação, que vai além do consumo contínuo de água. “Os chás são boas opções já que ao mesmo tempo que hidratam o organismo ajudam a mantê-lo aquecido. Além disso, os sucos de frutas, que são fontes de vitaminas que estimulam o sistema imunológico, também devem aparecer no cardápio”, explica a especialista.

 

Para fortalecer a imunidade, também é necessário escolher adequadamente os alimentos e suplementos que serão ingeridos durante o inverno. Abaixo, conheça algumas opções que ajudam a fugir de gripes e infecções:

 

ALIMENTOS

·         Couve, Cenoura, Tomate: o betacaroteno, um antioxidante presente nesses alimentos, combate as infecções e estimula as células imunológicas;

·         Gengibre: é imunoestimulante, possui ação expectorante, reduz a inflamação e a dor. Com a raiz, faz-se os chás. Já o pó, pode ser adicionado em sucos e receitas diversas; 

·         Mel: ação bactericida e antisséptica. É um bom coadjuvante no tratamento de problemas pulmonares e da garganta. Contém substâncias que agem como antibióticos naturais. Não deve ser fervido para que não perca suas propriedades. Pode ser consumido puro ou para adoçar o chá;

·         Goji berries: em 100 g dessas frutinhas temos 2500 mg de vitamina C, que tem ação antioxidante, além de estimular a atividade imunológica do corpo. Também é fonte de betacaroteno, relacionado a maior defesa imunológica;

·         Cacau: fonte de zinco, nutriente crucial para a o bom funcionamento do sistema imunológico.

 

Sobre a rede Mundo Verde

O Mundo Verde, maior rede de lojas especializadas em produtos naturais, orgânicos e para o bem-estar da América Latina, é referência em qualidade de vida e alimentação saudável. Hoje possui, aproximadamente, 335 lojas no Brasil. A rede oferece ainda o serviço gratuito Alô Nutricionista, para esclarecimentos de dúvidas, dicas e orientações por meio do telefone 0800-022 25 28. www.mundoverde.com.br

seta

Crianças de hoje

30/06/2015 12:05

Essa expressão tornou-se um clichê generalizado na sociedade brasileira.  Interpretada literalmente seria uma obviedade, mas o sentido figurado quer dizer que as crianças de hoje são mais difíceis de lidar do que as de outras épocas.

Essa visão também era a mesma que tinham os pais há 20, 40, 60 anos em relação às crianças da época. Sempre se entende que as crianças de outrora eram mais educadas, mais dóceis e gentis.

Muitos pais costumam dizer que “no meu tempo bastava um olhar de minha mãe, do meu pai”. Nem tanto ao céu nem tanto ao inferno. Esse olhar era o bastante, significava a escola entre a obediência irrestrita – e às vezes nem isso adiantava mais – ou castigos físicos impiedosos. Não era respeito. Caso desobedecessem, as surras seriam impiedosas, torturantes; violência ao extremo.

Certo ou errado, tratava-se de um valor positivo consolidado. Hoje, os pais estão perdidos, como estavam também há uns 30, 40 anos. Tanto que era comum se ouvir muita gente afirmar com galhardia que “não era pai, mas um amigo para os filhos”.

Esse modelo progrediu para um vale-tudo, para pais que não são nem pais nem amigos. Hoje estão confundindo liberdade com libertinagem; desrespeito com criatividade, com falta de limites; e demonstração de fraqueza com virtude. O resultado são pais totalmente dominados pelos filhos.

Qualquer um gosta de demonstrar força frente a alguém detentor de poder.  A criança começa a dominar os pais em tenra idade pelo choro tolo, aparentemente inocente, para ganhar coisas, conseguir ficar onde precisa, deixar de fazer o que deve e determinar o que os pais devem ou não fazer. Espalhar brinquedos para os pais recolherem é a atitude mais comum.

Dominados os pais, a necessidade de expandir território leva à tentativa de sujeitar parentes e amigos aos seus caprichos e birras. Como dominar é bom, continuam na busca do domínio total sobre todos.

Uma vez que em casa esse domínio é encarado com naturalidade, a criança esperta passa a se comportar em qualquer lugar do mesmo modo. Sempre a demonstrar sobreposição aos pais. Sobe no sofá e risca a parede da casa do vizinho. Nesse momento, meio com caras de desentendidos, os pais dão risinhos e passam a olhar a reação dos presentes. E repetem a justificativa de que aquela criança é demais, incontrolável mesmo, como a dizer que “se ele fosse seu filho, você também não o educaria”.

Os mais mancomunados costumam pedir para não fazer aquilo “porque fulano/beltrano não gosta”. Atire a primeira pedra quem gosta de ter uma parede riscada por alguma criança descontrolada do melhor amigo.

Quase todos os pais que não educam os filhos tentam passar a impressão de que o seu pupilo é incontrolável; os outros tiveram sorte de ter filhos bonzinhos; e não se dão conta de que criança nenhuma é tola e qualquer um se aproveita de quem se deixa dominar.

Essas transgressões progridem. Quando maiores começam a não ir às aulas, ficam na rua sem horário de retorno e os mais enérgicos mandam os pais se calarem a boca ou se foderem. Poucos passos adiante e a sociedade sofrerá as consequências de um delinquente matando na direção de um carro ou, nos casos mais graves, de arma em punho.

Nesse ponto chega-se à frase de que “ninguém perde filho para as ruas, são perdidos em casa”. E de pouco a pouco, de forma progressiva.

Nem maus-tratos nem mão de pelica. Educação requer esforço, compreensão, momentos para dizer sim, muitos outros para dizer não; noutros, um não definitivo. O chavão “que mundo queremos deixar para nossos filhos, mas que filhos queremos deixar para o mundo” precisaria ser encarado com mais realidade do que como mero clichê.

Pedro Cardoso da Costa – Interlagos/SP

     Bacharel em direito

seta

Aproveite o melhor das delícias juninas sem brigar com a balança

25/06/2015 15:15

Junho chegou e com ele as quermesses e festas juninas recheadas de tentações e delicias típicas da época. É impossível escapar de paçocas, canjicas, arroz doce, cachorro-quente, bolos e das deliciosas receitas com milho. Como aproveitar todas as comidas típicas da época sem brigar com a balança? A nutricionista do Hospital e Maternidade São Cristóvão, Cintya Bassi, dá dicas para você que deseja não se privar das delicias de São João.

Os principais vilões dessa época são os alimentos com maior quantidade de açúcar e gordura e consequentemente mais calóricos, “Nesse grupo podemos incluir o amendoim, paçoca, doce de abóbora e cachorro quente como os mais calóricos. Os menos calóricos são a pipoca e o milho, desde que consumidos sem manteiga”, diz Cintya Bassi. Porém há maneiras de reduzir essas calorias, uma delas é fazer a sua festa em casa optando por receitas adaptadas, “Existem pratos típicos que podem substituir o açúcar por adoçante sem comprometer o sabor, como paçoca, doce de abóbora e bolos, tornando as receitas menos calóricas”, explica a nutricionista do São Cristóvão.

A moderação é a chave na hora de consumir as bebidas, o vinho quente é o mais calórico, com cerca de 200 calorias a porção, quentão e suco de uva têm praticamente a mesma quantidade, “O primeiro possui entre 100 e 130 calorias dependendo da receita e o suco possui cerca de 140 calorias em um copo, por isso tome cuidado com a quantidade ingerida” diz Cintya.

Amendoim - A principal características do amendoim é ser fonte de ácidos graxos monoinsaturados, as gorduras boas, que contribuem para reduzir o colesterol ruim (LDL), aumentar o colesterol bom (HDL) e diminuir a oxidação celular e fibras que auxiliam o funcionamento intestinal e prolongam a sensação de saciedade. Mas ele contém ainda outros nutrientes como ferro, fósforo e potássio. Apesar disso, além de ser um alimento de alta densidade calórica, contendo cerca de 550 calorias na porção de 100g, muitas vezes é torrado com sal, o que o torna um alimento que deve ser consumido com muita cautela e moderação.

Paçoca – A paçoca é basicamente a mistura entre amendoim e açúcar. As versões originais são carregadas de açúcar e não devem fazer parte de uma dieta habitual. Porém hoje, já encontramos versões light que oferecem além do sabor, mais saúde ao organismo.

Pipoca – A pipoca preparada em casa é um alimento benéfico, porque contém boa quantidade de fibras e ainda um pouco de vitamina A. Porém devemos evitar acrescentar temperos industrializados ou gorduras (margarina) na preparação, a fim de ressaltar o sabor, para não tornar o alimento prejudicial. O mesmo vale para a pipoca de micro-ondas que contém quantidades significativa de gordura.

Doce de abobora - A abóbora é um vegetal muito rico em nutrientes, o que a associa em estudos, com a redução de alguns tipos de câncer e problemas cardiovasculares, além de conferir proteção a visão, devido a quantidade de vitamina A. O que ocorre com o doce de abóbora é o mesmo que acontece com a paçoca, nesse caso acrescenta-se açúcar, um alimento que não possui nutrientes, apenas calorias, provocando uma rápida elevação nos níveis de açúcar no sangue e otimizando o depósito de gordura nas células.

Quentão – A bebida típica possui boas propriedades, como o gengibre, que entre outras coisas fortalece o sistema imunológico. Porém o álcool e o açúcar também estão presentes na preparação. Se possível, deve se optar pela versão sem álcool, o que diminui a oferta calórica, porém ainda assim, deve ser consumido com moderação.

Cachorro quente – Mais um alimento que deve ser evitado ou consumido com moderação, pois seu ingrediente principal, a salsicha é uma fonte importante de gordura saturada, que estimula o aumento de colesterol LDL e aumenta o risco de doenças cardiovasculares. Além disso, possui alta concentração de sódio, corantes e conservantes.

Milho – É um cereal rico em carboidratos e outros nutrientes como vitamina B1 e B2, vitamina E e fibras. Além de possuir dois importantes antioxidantes que contribuem para a saúde da visão, zeaxantina e luteína. O alimento in natura é saudável, porém devemos evitar o acréscimo de excesso de sal e margarina ou manteiga.

Pipoca doce – A pipoca como vimos é um bom alimento, porém a versão doce é acrescida de açúcar, alimento que deve ser evitado.

Bolo de milho – O bolo de milho é mais um alimento que pode ser consumido, porém com moderação, já que possui açúcar e gordura. Além disso, o melhor é preparar o bolo com o alimento in natura.

Pé de moleque – Mesmo caso da paçoca, o amendoim é um alimento nutritivo embora calórico, porém o pé de moleque é muito rico em açúcar. Por isso deve ser evitado, ou consumido com moderação.

Maçã do amor – A melhor opção é sempre consumir a fruta in natura, que é rica em pectina, fibra que auxilia na redução de colesterol. Porém a maçã do amor, é mergulhada entre outras coisas no açúcar, por isso, deve ser consumida com moderação.

Bolo de fubá – O bolo de fubá possui baixo valor nutricional, portanto também deve ser consumido com moderação.

Canjica Light

Ingredientes:

250 g de milho para canjica

3/4 xícara (chá) de leite em pó desnatado

2 xícaras (chá) de leite desnatado

1/2 xícara (chá) de adoçante granular

1/2 vidro de leite de coco light

2 canelas em pau

2 cravos-da-índia

1/2 colher (sopa) de margarina light

Preparo:

Numa tigela, coloque os grãos da canjica e cubra com bastante água, deixando de molho por no mínimo 12 horas. Após escorra a água da canjica e transfira para uma panela de pressão. Cubra com bastante água, feche a panela e leve ao fogo alto para cozinhar.

Quando a panela pegar pressão, abaixe o fogo e deixe por aproximadamente 30 minutos.

Desligue o fogo e deixe a panela esfriar até que saia toda a pressão e após abra a panela e  verifique se a canjica está macia. Se estiver, retire-a da panela e escorra a água, se não cozinhe por mais alguns minutos.

Em outra panela, misture o leite desnatado, o leite em pó, o adoçante, o leite de coco, a canela e o cravo-da-índia, misturando bem. Acrescente os grãos da canjica cozida e mexa. Em seguida, adicione a margarina e leve a panela no fogo médio por cerca de 10 minutos, mexendo sempre.

Retire do fogo e transfira a canjica para uma tigela. Sirva quente ou fria.

Calorias: 70,0 cal/porção

seta

Forró, Cultura popular e animação estão garantidos no São João do Benedito Bentes

23/06/2015 07:21

Quadrilha junina, coco de roda e muito forró. Assim serão as noites de São João no Benedito Bentes 1. Uma grande estrutura com palco, camarote, tenda e banheiros químicos foi montada ao lado do terminal de ônibus, na Praça Padre Cícero, para receber o público.

                A primeira noite de festa será nesta terça-feira (23), véspera de São João, que começa a partir da 20h com a apresentação da quadrilha junina “Lapadão”, da Chã da Jaqueira. Logo em seguida, será a vez do coco de roda “Reviver Alagoano”, do bairro de Bebedouro, exaltar a cultura popular do nordeste.

                A programação segue com as atrações musicais. Às 21h, a banda “Os Estourados do Forró” garante a animação e, na sequência, sobe ao palco a banda Playboyzada, encerrando a noite.

                O São João do Benedito Bentes 2015 é realizado pelo Governo do Estado, pela Prefeitura Comunitária do Benedito Bentes e pelo vereador Silvânio Barbosa. “Para nós é muito importante garantir uma programação recheada no nosso bairro, que, além do entreter com as bandas musicais, preserva nossa cultura de raiz com as apresentações de cocos de roda e quadrilhas juninas”, destacou Silvânio Barbosa. 

                A festa continua na quarta-feira (24) e também tem programação para os dias 27 e 28 de junho, véspera de São Pedro, totalizando quatro dias de festividades. Entre as atrações estão Poney O Rei da Sofrência e Geraldo Cardoso. O evento ainda vai movimentar a economia da região. “Esse também é outro ponto fundamental do evento. Nós cadastramos quase 50 comerciantes para trabalhar durante todo o São João, gerando emprego e renda que movimentam toda a economia”, finalizou Silvânio Barbosa.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

23/08 QUADRILHA LAPADÃO, COCO DE RODA REVIVER ALAGOANO, OS ESTOURADOS DO FORRÓ E PLAYBOYZADA

24/06 COCO DE RODA REIS DO CANGAÇO, COCO DE RODA RAÍZES NORDESTINAS, ASSANHADOS DO FORRÓ E OS KAFONAS

27/06 COCO DE RODA ARCO ÍRIS, IVANA PINK E BANDA E PONEY O REI DA SOFRÊNCIA

28/06 QUADRILHA AMANHECER NO SERTÃO, FORRÓ ESTAÇÃO E GERALDO CARDOSO

MAIS INFORMAÇÕES: 98802 3758 / 99322 4491 

seta

Alimentação saudável em época de festa junina

17/06/2015 15:14

O mês de junho chegou e, junto com ele, as festas juninas, recheadas de quitutes de dar água na boca. Para quem se preocupa com uma alimentação saudável, o período requer atenção, pois além e deliciosas, as comidas de festa junina costumam ser bastante calóricas. Pensando nisso, a nutricionista da Life Clínica, Márcia Loureiro, elaborou algumas dicas de como aproveitar as comidas típicas sem sair da linha.

Alguns alimentos típicos como o milho, o pinhão, o amendoim e a batata doce são saudáveis e ricos em nutrientes. O cuidado deve recair sobre o modo de preparo desses itens. “É possível repensar algumas receitas, trocando apenas alguns ingredientes”, explica Márcia.

Confira abaixo alguns benefícios e dicas de como aproveitar melhor esses alimentos:

Pinhão

O pinhão, muito consumido neste período, é uma semente muito apetitosa com alto valor alimentício e o modo de preparo não altera o valor nutricional dele.  “Uma porção de 100g, por exemplo, é rico em proteínas, cálcio, fósforo, ferro e vitaminas A, B1 e C. Para atingir as necessidades diárias dos nutrientes é indicado a ingestão de 6 a 10 unidades por dia. O pinhão possui um teor de 50 a 60% de óleo mas mesmo rico em gorduras, se manter uma dieta regular, o pinhão pode aumentar os esforços de perda de peso pois contém ácido pinoleico que atua como inibidor de apetite”, informa a nutricionista.

Milho Cozido

O milho é rico em vitaminas A, E, B1 e B5, ácido fólico, magnésio, fósforo, ácidos graxos essenciais e previne doenças cardíacas e promove a redução da hipertensão e o controle do diabetes. As fibras presentes no alimento são benéficas para a prevenção de doenças digestivas como, por exemplo, hemorroidas e prisão de ventre. “Nesta época vale abusar do milho cozido. Além de rico em nutrientes, ele também é indicado para o tratamento de doenças renais. O ideal é não deixa-lo muito tempo na geladeira e sim, cozinhá-lo rapidamente para não perder os nutrientes. Já a pipoca é um alimento muito nutritivo, mas deve ser consumido moderadamente, na medida de aproximadamente uma xícara de chá. A parte branca da pipoca é rica em amido resistente, que é bom para o intestino e para diminuir o nível de açúcar no organismo; e a casca é rica em antioxidantes”, explica. 

Canjica

Um dos alimentos mais esperados nesta época é a canjica. Ela é fonte de fibra dietética, contém baixos índices de colesterol e pequena tava de gordura saturada porém, com ingredientes como leite, leite de coco e açúcar, este é um dos alimentos mais calóricos da época.  De acordo com a especialista, “a receita da canjica pode ser adaptada com ingredientes menos calóricos. O milho pode ser preparado com leite desnatado ao invés de integral e adoçante e o sabor não muda”. 

Amendoim

Deliciosos e crocantes, os amendoins são consumidos não só em época junina mas durante o ano todo. Fonte de energia, os amendoins são ricos em vitaminas e minerais como o zinco, cálcio, magnésio, ferro e fósforo. Embora calóricos, eles podem ser um aliado a dieta pois promovem a sensação de barriga cheia, pois como precisa ser muito mastigado ele controla a saciedade e faz com que a fome demore a aparecer. “Vale optar pelos amendoins torrados em casa que preserva todos os nutrientes do alimento. Os industrializados, revestidos com casca possuem uma quantidade grande de sódio, facilitando o aparecimento de doenças cardiovasculares e hipertensão. Paçoquinhas e doces de amendoins também devem ser moderados por possuírem açúcar em excesso”.

Batata Doce

A batata doce é um carboidrato de baixo índice glicêmico rico em fibras, ferro, vitamina C, A e E e potássio. Além disso, auxilia na queima de gordura e ganho da massa muscular, fortalecendo o sistema imunológico, a manutenção dos ossos, reduz o colesterol e regula a pressão arterial. “A batata doce é um alimento muito nutritivo e algumas dicas no preparo preservam ainda mais os nutrientes. Cozinhe o alimento com a casca e em pedaços grandes pois os pedaços pequenos entram em contato maior com a água, multiplicando a perda desses nutrientes. Evite usar muita água e deixar a batata no fogo por muito tempo. Prefira cozinhar no vapor ou no micro-ondas com pouca água”.

Seguindo essas dicas, é fácil manter uma alimentação saudável neste período. Se extrapolar, vale optar por comidas mais leves nos dias seguintes. “Caso o consumo seja exagerado, a dica é optar por carnes magras, bastante frutas e legumes, beber bastante líquido e praticar atividade física regularmente”, finaliza Márcia.

 

Márcia Melo Loureiro (CRN: 8.996) 

Márcia Loureiro é nutricionista formada na Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUCC). Realiza atendimento em consultório clínico, com atuação voltada para o processo de reeducação alimentar, por meio do qual os pacientes aprendem a se alimentação de forma equilibrada e fracionada.

Márcia possui uma empresa, chamada Salutar Alimentos, que produz e comercializa refeições balanceadas e personalizadas para diferentes tipos de dieta.

Sobre a Life Clínica

A Life Clínica oferece a seus pacientes cuidados e serviços médicos, odontológicos e estéticos em benefício da saúde e da promoção de qualidade de vida. São 17 anos de história, em busca da manutenção da excelência em serviços de saúde. Com uma equipe multidisciplinar altamente qualificada, que presta um atendimento humanizado e personalizado, a Life Clínica dispõe de profissionais que atuam nas áreas de angiologia, cirurgia plástica, cirurgia vascular, clínica geral, estética facial, estética corporal, fertilidade e reprodução humana, fisioterapia dermato-funcional, ginecologia, medicina laboratorial, metabologia, nutrição, neurologia, obstetrícia, pneumologia e psicologia. A Life Clínica conta ainda com o apoio de instalações modernas e o mais avançado e completo aparato tecnológico necessário para cada área de atuação.

seta

Primeira Edição © 2011