seta

301 postagens no blog

Falta de diálogo e o celular podem arruinar casamento, segundo pesquisa

21/06/2018 11:01

Se você é louco pelo seu celular e tem percebido que as conversas com seu (sua) parceiro (a) estão mais escassas, atenção! Segundo pesquisa do Instituto do Casal, que acaba de ser divulgada, a falta de diálogo ocupa o segundo lugar no ranking dos 5 principais motivos de conflitos dos casais brasileiros. Curiosamente, o uso excessivo do celular ocupou o terceiro lugar.
 
Mas, será que a falta de diálogo leva as pessoas a usarem mais o celular ou o abuso do celular mina as oportunidades de o casal de conversar?
 
Para as especialistas do Instituto do CasalMarina Simas de Lima e Denise Miranda de Figueiredo, ambas as situações podem acontecer. “Os resultados reforçam a hipótese de que hoje em dia os casais enfrentam muitos problemas que poderiam ser evitados se a comunicação fosse mais efetiva, se houvesse mais espaço para o diálogo e menos tempo dedicado a atividades que tendem a afastar o casal, como por exemplo, o uso do celular”.
 
O celular é uma tecnologia que precisa ser usada com moderação, pois realmente pode reforçar a desconexão e interferir na satisfação conjugal, segundo as especialistas. Um estudo feito pela Brigham Young University,nos Estados Unidos, mostrou que casais que usavam demais o celular estavam menos satisfeitos com a vida conjugal e brigavam mais quando comparados a casais que usavam menos a tecnologia.
 
O silêncio entre nós
Pela nossa experiência do dia a dia, vemos que os casais tendem a conversar sobre os assuntos cotidianos, como criação dos filhos, finanças e trabalho, por exemplo. Mas, evitam entrar em assuntos mais subjetivos ou sobre o relacionamento em si, como sonhos, projetos em comum, angústias”, diz Marina.
 
Segundo Denise, em muitos casos, isso acontece porque às vezes as pessoas sentem dificuldade em expressar aquilo que sentem o pensam.  quando há receio de se revelar ao outro, falar de possíveis fraquezas e inseguranças.
 
“Com isso, o casal reduz o espaço para compartilhar sentimentos, desejos ou possíveis insatisfações com a vida a dois. Muitos estudos ao longo dos anos mostraram que falhas na comunicação estão entre os principais motivos de separação ou divórcio. Portanto, nossa pesquisa revelou um importante ponto a ser repensado pelos casais brasileiros”.
 
As especialistas lembram que a comunicação, quando efetiva, aumenta a satisfação conjugal e a intimidade do casal. “O diálogo é fundamental para o casamento, pois permite expressar emoções e os sentimentos, além de abrir espaço para negociar e resolver os conflitos que fazem parte de um relacionamento afetivo”.
 
Como melhorar a comunicação na vida a dois em 5 passos
Com a ajuda das terapeutas de casal, elaboramos uma lista com cinco passos para melhorar a comunicação na vida a dois:
 

  1. Celular off: O casal precisa delimitar momentos para ficar sem o celular. Vale tudo, inclusive um cofre ou uma caixa para depositar o aparelho para evitar seu uso. Deixar no silencioso também é uma boa ideia. Esses momentos podem incluir as refeições, na hora de ver um filme ou simplesmente para que o casal possa conversar sem nenhuma interferência.
  2. Pratique a escuta ativa: Mais importante do que falar é escutar. Porém, essa escuta precisa ser ativa, ou seja, dedique-se a compreender o que o outro está falando, esteja disponível de corpo e alma. A escuta ativa também é empática, uma vez que você deve tentar compreender as emoções e sentimentos do outro sobre aquele assunto. Saber escutar é um dom, que pode promover ou fortalecer a conexão entre o casal.
  3. Um tempo para chamar de nosso: A falta de diálogo também está relacionada à falta de tempo. Agendas cheias, filhos, problemas financeiros, serviço doméstico. Frente à rotina atribulada pode ser difícil mesmo arrumar um tempo para falar sobre emoções, sentimentos e desejos. Portanto, se o casal enfrenta essa dificuldade, vale reservar um horário na agenda para fazer isso. Um almoço no meio da semana, uma noite do casal, na hora de dormir, etc. Vale tudo, menos ignorar o problema. 
  4. Seja claro: Um dos principais problemas dos casais é achar que o outro tem o dom de adivinhar o que queremos ou sobre o que estamos pensando. Não adianta ficar bravo com a pia cheia de louça. Diga que você gostaria de ajuda para determinada tarefa, como lavar a louça, por exemplo. Diga ao outro que você está triste, pois não gostou de certa atitude ou comportamento.
  5. Puxa conversa casal: Caso a dificuldade em iniciar uma conversa seja muito grande, o casal pode recorrer a alguns recursos. Um deles é o livro das fundadoras do Instituto do Casal “Puxa Conversa Casal”. O livro, em formato de caixinha, traz 100 cartas sobre temas relacionados ao universo conjugal e podem ajudar o casal a iniciar diálogos importantes.

 
“Mudar não é fácil, principalmente quando estamos na zona de conforto. Mas, quem deseja viver uma vida conjugal mais feliz precisa se dispor a aprender e a se dedicar, investir no relacionamento. O diálogo é a base para que isso aconteça. Então, mãos à obra!”, finalizam Denise e Marina.

seta

Dia de extravasar com consciência

15/06/2018 10:37

Sexta-feira, é o dia esperado para alguns iniciarem o happy hour. Segundo a médica Márcia Simões da Eden Clinic, em Curitiba, “a bebida alcoólica no geral é muito calórica e vêm muitas vezes acompanhada de outros ingredientes como açúcar, energéticos, sucos entre outros. Às vezes observo que alguns pacientes não conseguem atingir o objetivo de perda de peso, pois nos finais de semana abusam da bebida”, ou seja, para garantir os resultados saudáveis, evitar a bebida ou diminuir o consumo é o primeiro passo.

No entanto, além da bebida alcoólica, normalmente, são ingeridos alimentos ricos em carboidratos e gorduras ruins como frituras, doces, entre outros. Como então aproveitar esse dia e ainda permanecer saudável, é simples como orienta a médica “ao fazer o seu pedido, foque nos alimentos que você pode consumir, eles em sua maioria estão quase sempre presentes nos cardápios, as vezes nós que não percebemos – por exemplo:”

  • Saladas
  • Oleaginosas – “nuts” (castanhas, amêndoas, macadâmia, pistache entre outros);
  • Carne vermelha grelhada ou ao molho;
  • Carne de porco assada;
  • Bacon;
  • Carne de frango em petiscos;
  • Queijos bem amarelos
  • Carne de onça
  • Peixes grelhados

E hoje existem uma infinidade de estabelecimentos que contam com um cardápio mais saudável e você pode também escolher locais que compartilham o mesmo espaço por exemplo em Curitiba o “Mercado do sal” ou o “Eats’on” aonde você encontra inúmeras opções saudáveis e também as tradicionais.

Para ajudar quem não consegue largar o carboidrato, a médica da Eden Clinic, apresenta uma solução diferente, tanto se estiver em um bar ou em casa, “prefira a ingesta sempre com moderação e de preferência para as raízes como mandioca, batata doce, batata yacon. Uma opção saborosa e com muito pouco carboidrato é o macarrão de legumes ou de palmito”, a médica ressalta a importância de um acompanhamento profissional, “o ideal para que você saiba a quantidade correta é buscar a ajuda de um profissional da área que vai poder te orientar as quantidades e tipos de carboidratos mais adequados, de acordo com o seu objetivo”. Com o acompanhamento correto é possível que a qualidade de vida se torne melhor até mesmo em um bar ou restaurante. 

Serviço: Eden Clinic

Dra. Márcia Simões

Médica da Eden Clinic

CRM PR 33.207

seta

Combinação entre bebida alcoólica e energético é um perigo ao coração

13/06/2018 10:51

A arriscada combinação entre bebida alcoólica e energético, prática cada dia mais comum entre os jovens nos momentos de diversão, pode desencadear o aumento da frequência cardíaca e uma parada cardíaca.

De acordo com a cardiologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Airma Cutrim, os energéticos apresentam em sua composição substâncias como cafeína e taurina que, em quantidades exageradas, são extremamente estimulantes para o coração e podem provocar danos cardíacos.

"Alguns energéticos chegam a ter 35 mg de cafeína, que é uma quantidade alta. Doses de até 2 mg por quilo, desencadeiam somente um estado de vigília e aumento do metabolismo, porém, quando a concentração é acima de 15mg por quilo, pode desenvolver nervosismo, insônia, tremor, desidratação e taquicardia", diz.

A mistura do energético com bebidas alcoólicas potencializa o efeito do álcool e pode acarretar sérias consequências. "A cafeína presente no energético aumenta a absorção do álcool, levando a um efeito ainda maior da substância. "As pessoas misturam as duas bebidas por acreditarem que assim ficam mais resistentes ao álcool, mas apesar da cafeína, o efeito cerebral do álcool não é reduzido. Pelo contrário, a mistura pode deixar as pessoas alcoolizadas ainda mais rapidamente".

É um engano comum acreditar que somente pessoas com histórico de problemas no coração podem ter essas consequências. A cardiologista alerta que a ingestão dessas bebidas pode provocar arritmias também em pessoas saudáveis. "Quem já tem fator de base, como hipertensão, corre um risco maior, mas pode acontecer com qualquer pessoa", diz.

COMPLEXO HOSPITALAR EDMUNDO VASCONCELOS

Localizado ao lado do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, o Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos atua em mais de 50 especialidades e conta com cerca de 1.400 médicos. Realiza aproximadamente 12 mil procedimentos cirúrgicos, 13 mil internações, 230 mil consultas ambulatoriais, 145 mil atendimentos de Pronto-Socorro e 1,45 milhão de exames por ano. Dentre os selos e certificações obtidos pela instituição, destaca-se a Acreditação Hospitalar Nível 3 - Excelência em Gestão, concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e o Prêmio Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil, conquistado pelo sexto ano consecutivo em 2016.

Rua Borges Lagoa, 1.450 - Vila Clementino, Zona Sul de São Paulo

seta

O que tem no fundo do seu Coração?

07/06/2018 09:08

Tenho grande alegria em fazer a tua vontade, ó meu Deus; a tua lei está no fundo do meu coração. Salmos 40:8

No meio de todas as coisas, qual o significado que os ensinamentos de Deus na Bíblia tem para você? Será que eles ocupam um lugar central na sua vida, ou eles são apenas um refúgio para quando você tem algum problema? Será que você conhece alguém assim, que só procura a Bíblia ou Deus quando estão em momentos difíceis e logo que esse momento passa os deixam de lado?

Infelizmente esse tipo de atitude é comum, e mesmo aqueles que estão firmes provavelmente já tiveram os seus altos e baixos em sua caminhada cristã, a questão é o quanto a Palavra está enraizada em seu coração e o quanto você molda sua vida em relação aos ensinamentos nela encontrados.

Onde está a felicidade?

Pouco antes o salmista declara:

Como é feliz o homem que põe no Senhor a sua confiança, e não vai atrás dos orgulhosos, dos que se afastam para seguir deuses falsos! Salmos 40:4

A certeza que o salmista possui é que feliz é alguém em que coloca em Deus a sua confiança e faz a sua vontade, para que isso ocorra são necessárias algumas atitudes segundo o salmista.

1 – Guardar a lei de Deus no fundo do coração;
2 – Não ir atrás dos orgulhosos;
3 – Se afastar dos falsos deuses;

Guardar a lei, os ensinos do Senhor necessita de tempo com a Palavra, não apenas uma leitura vazia, mas uma meditação e estudo sobre as escrituras, o que aquilo de fato representa para você, só assim será possível guardá-la no fundo do seu coração.

O dicionário classifica o orgulho da seguinte forma: sentimento de prazer, de grande satisfação com o próprio valor, com a própria honra. Sentimento egoísta, admiração pelo próprio mérito, excesso de amor-próprio; arrogância, soberba. O orgulhoso é aquele que não se importa com o próximo, tudo o que faz é para ser reconhecido, receber glória e honra das pessoas, sua boca pode até dar graças a Deus, mas no fundo acredita que foi merecedor.

A Bíblia orienta estar longe desses, para que esse tipo de pensamento e comportamento não influencie as decisões daqueles que seguem a Deus, que é fazer exatamente o oposto que um orgulhoso faz, ajudar o próximo, reconhecer que o mérito é do Senhor e andar em humildade.

Talvez você imagine que se afastar de falsos deuses é não adorar imagens, é claro que não é apenas isso, o que tem roubado seu tempo com Deus? Será que você está colocando outras coisas em seu coração competindo com a presença de Deus?

O fato é que a Internet, a TV, o Dinheiro, os Bens materiais e diversas outras atividades se tornaram deuses para muitas pessoas.

Jesus e o Salmo 40

O autor do livro de Hebreus acredita que o Salmo 40:8 está se referindo a Jesus (Hebreus 10:7).

Primeiro de tudo, Jesus acredita que os ensinamentos de Deus são tão importantes que Ele nunca para de pensar sobre eles. os ensinamentos de Deus devem ter um lugar central na vida porque não há nada na vida para a qual não se aplicam.

Se você pensar corretamente sobre a vida como um todo, se você estiver indo reordenar sua vida em uma base adequada, então você deve pensar sobre os ensinamentos de Deus e você deve levá-los a sério.

Em segundo lugar, Jesus tem o prazer de fazer o que Deus quer, tal como definido pelos ensinamentos de Deus. Não faz nenhuma diferença se é extremo ou muito difícil, simplesmente deve ser feito.

Jesus não fez nenhuma tentativa de alterar o significado dos ensinamentos de Deus, ou ignorar alguns deles, a fim de viver a vida em seus próprios termos e de acordo com seu próprio pensamento. Jesus estava feliz em descobrir o que Deus tinha a dizer sobre a vida e Ele estava feliz em fazê-lo.

Os ensinamentos de Deus na Bíblia definem o significado e propósito da existência humana. Deveriam ter um lugar central de importância em nossas vidas.

seta

5 coisas a fazer antes das suas próximas férias

05/06/2018 09:05

Férias são sempre esperadas por todos nós durante os quentes meses de verão, mas antes de podermos desfrutar da praia e do calor, sofremos a onda de stress que vem com o planear e organizar as tão merecidas férias. Não nos referimos ao planear do destino e do hotel, mas sim de certificar-se que tem todos os seus documentos e que a sua bagagem confere as regras da companhia aérea. Para o ajudar, hoje trazemos uma lista de 5 coisas a fazer antes de partir para as suas férias:

1 - Passaporte e outros documentos essenciais

Se não viaja internacionalmente com frequência, pode precisar de escavar o seu passaporte por entre as gavetas da sua secretária para verificar se este ainda se encontra atualizado. Certificar-se que seu passaporte está dentro do prazo é imperativo, mas que temos tendência a esquecer. Também deve de confirmar se o seu destino requer outro tipo de documentos tais como vistos ou até mesmo vacinas, pois nada é mais desagradável que chegar no aeroporto e ser barrado na entrada do seu avião.

2 - Legislação para bagagem

Mesmo que tenha voado recentemente, companhias aéreas tendem a mudar as suas regras no que toca à bagagem com alguma frequência. Certamente não quer começar a sua viagem com o pé esquerdo ao ficar preso no balcão do check-in com uma mala de dimensões superiores às permitidas ou porque essa está pesada demais. Esta informação está sempre disponível no momento da compra ou no seu bilhete de embarque. Para não correr o risco de ter pagar um dinheirinho extra pelo peso a mais da sua mala, pese-a sempre antes de sair de casa.

3 - Manter a sua casa segura

Não há pior pesadelo do que voltar das suas férias relaxantes para entrar na sua casa e descobrir que foi roubado. Verifica duas ou três vezes todas as portas e janelas e se possível peça a um familiar ou amigo para visitar a sua casa para se certificar que está tudo em ordem, colher o seu correio e até alimentar o seu animal de estimação. São em tempos como este que talvez queira investir numa luz com temporizador.

4 - Planear a rota até ao aeroporto

Mediante a distância e as estradas que tem de percorrer até ao aeroporto, pode ter que contar com alguns atrasos. Seja porque as estradas estão fechadas para manutenção ou porque está a viajar em hora de ponta, isto são fatores que podem influenciar o seu tempo de viagem e não há nada que possa fazer. No entanto, se utilizar ferramentas como o Google Maps pode encontrar a melhor rota para a sua viagem e ainda fazer uma previsão do tempo que demora a chegar ao seu destino baseando no trânsito habitual da rota. Nestes casos, transportes públicos costumam ser mais confiáveis, mas se fizer a viagem de carro, não se esqueça de comprar estacionamento com antecedência!

5 - Banco e dinheiro no estrangeiro

Se viajar para fora do país, certamente irá precisar de outra moeda. Existem diversas empresas onde pode trocar dinheiro inclusive no seu próprio banco, ou pode ainda utilizar cartões pré-pagos como os da Mastercard. Deve ainda de contatar o seu banco em relação ao uso do seu cartão bancário fora do país, pois a sua conta pode ser bloqueada como medida de segurança em caso de atividade suspeita.

seta

Primeira Edição © 2011